PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Brasileiro de Basquete é suspenso após decreto em PG

Esporte

26 de fevereiro de 2021 10:20

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Operário goleia o Athletico por 4 a 0 na Arena da Baixada

PG busca alternativa para o retorno do futebol society

Jean Carlo e Schumacher recebem homenagens

Federação Paranaense confirma jogos de Coritiba e Paraná
FPF homologa partida entre Athletico e Operário
Cianorte vence e avança de fase da Copa do Brasil
Goleiro Vitor é apresentado no Operário
O returno dessa conferência se inicia no dia 8 Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Campeonato volta no dia 6 de março. Partidas em questão serão jogadas, posteriormente, em Brusque

A Prefeitura de Ponta Grossa publicou no início da noite de quinta-feira, 25 de fevereiro, Decreto Municipal proibindo diversas ações na cidade, incluindo a prática de esportes coletivos. A medida foi tomada com o objetivo de frear a COVID-19 e tem efeito desde às 0h desta sexta-feira, 26 de fevereiro. Com a publicação no Diário Oficial e por respeito à Lei, a Confederação Brasileira de Basketball suspendeu as duas últimas rodadas da Conferência Hélio Rubens, pelo Campeonato Brasileiro 2021.

As partidas em questão serão jogadas posteriormente, em Brusque, Santa Catarina, que já receberia o returno da conferência e agora terá também esses dois duelos do turno. O Decreto Municipal foi publicado às 19h38, e em seu texto diz: "Ficam proibidas: as atividades esportivas coletivas como futebol, futsal, vôlei, basquete, handebol, futevôlei, vôlei de areia e similares".

Protocolo rígido

O Campeonato Brasileiro 2021 respeita todos os protocolos de higiene e saúde estabelecidas nacionalmente para o retorno da prática esportiva. Todos os atletas e comissões técnicas tiveram que realizar o teste PCR e apresentar resultado negativo para que pudessem jogar em Ponta Grossa. Árbitros, mesários e o restante do staff da CBB realizam testes rápidos da COVID-19. E apenas os negativados podem trabalhar.

Além disso, as sedes precisam cumprir todos os protocolos, com totens de álcool gel, tapete descontaminante, medição de temperatura na portaria, entre outros. A entrada de público também estava proibida, permanecendo no Ginásio Borell du Vernay apenas as pessoas essenciais para a realização do campeonato.

"Entendemos que é uma questão de saúde pública. E respeitamos a Lei. Nunca faríamos o contrário. De qualquer forma, ficamos felizes que a Secretaria de Esportes da cidade de Ponta Grossa e também a área de saúde, tenham elogiado nosso protocolo. Agora, vamos trabalhar para reprogramar os jogos para Brusque", explicou Alex Oliveira, coordenador técnico do Brasileirão.

O campeonato volta no dia 6 de março, com o jogo entre Botafogo e Osasco, que ficou para trás pelo turno da Conferência Gerson Victalino por conta das fortes chuvas em Goiânia. O returno dessa conferência se inicia no dia 8, segunda-feira, com partidas no Ginásio Oscar Zelaya, no Rio de Janeiro.

Fonte: Assessoria CBB

PUBLICIDADE

Recomendados