PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Operário perde e adia sonho de voltar ao G4 da Série B

Esporte

24 de agosto de 2021 21:09

Andre Bida


Relacionadas

Operário goleia e quebra jejum sem vitórias na Série B

Rebeca é 1ª brasileira com ouro e prata em um Mundial

Atlético-MG goleia o Fortaleza no jogo de ida das semifinais

Athletico-PR e Flamengo empatam primeiro jogo
Passeio Ciclístico da Expo&Flor acontece em novembro
Athletico-PR encara Flamengo em 1º duelo da semifinal
Operário e Londrina empatam em 0 a 0 no Germano Krüger
PUBLICIDADE

Bugre de Campinas é uma pedra no sapato do Fantasma. Pela quinta vez seguida o Alvinegro é derrotado pelo adversário


O Operário Ferroviário perdeu para o Guarani por 3 a 0 e encerrou a sequência de cinco jogos sem ser derrotado na competição. A partida foi realizada na noite desta terça-feira (24), pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas. Os gols da partida foram marcados por Lucão do Break e Júlio César, além de Alex Silva contra.

Nos últimos três anos pela Série B, Operário e Guarani se enfrentaram seis vezes, com cinco vitórias do Bugre e apenas uma vitória do Fantasma. Ou seja, o time de Campinas é uma pedra no sapato do Alvinegro.

Após o duelo desta terça-feira, o elenco do Alvinegro de Vila Oficinas retorna para Ponta Grossa e terá uma folga na sequência de jogos. O próximo adversário será o Vitória, em casa, porém, a partida só acontece no dia 4 de setembro, no Germano Krüger. Com a pausa na rotina de jogos, o técnico Matheus Costa e a comissão técnica projetam ter mais tempo para recuperar os atletas, com isso tentar diminuir o número de jogadores no departamento médico, que atualmente chega em sete desfalques.


Sobre o jogo

Com 62% de posse de bola, o Guarani buscou por mais vezes abrir o placar contra o Fantasma no primeiro tempo. Entre as melhores chances do Bugre de Campinas destacam-se Andrigo aos 11 minutos e Júlio César que chegou aos 34 minutos. O Operário levou perigo somente nos primeiros minutos com uma cobrança de falta de Paulo Sérgio.

Depois de insistir, o gol do Guarani saiu no final da primeira etapa. Lucão do Break tentou realizar um cruzamento e a bola bateu no braço de Leandro Vilela. Pênalti confirmado sem necessitar do auxílio do VAR. O mesmo Lucão foi para a cobrança e deixou 1 a 0 para o Bugre.

Na volta para o segundo tempo, o Guarani manteve o mesmo ímpeto de ampliar o placar, o que deu certo. Aos 5 minutos, Rodrigo Andrade cruzou, Andrigo chutou, Simão espalmou e Júlio César no rebote fez o segundo gol.

Após sofrer o segundo gol, o Operário se lançou ao ataque, mas mostrou pouco poder de finalização e o jogo ficou concentrado no meio de campo. No apagar das luzes, aos 51 minutos, após o chute de Bidu a bola desviou em Alex Silva. Gol contra e três a zero para o Bugre.


Quem jogou

O Fantasma começou a partida com Simão, Alex Silva, Rodolfo Filemon, Reniê, Fabiano, Fábio Alemão, Leandro Vilela, Marcelo, Djalma Silva, Paulo Sérgio e Felipe Garcia. Na volta do intervalo, Matheus Costa mexeu no time e colocou Rodrigo Pimpão, Rafael Oller, Rafael Chorão, Cleyton e Schumacher.

PUBLICIDADE

Recomendados