PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Brasil vence Peru e se mantém 100% nas Eliminatórias

ESPORTE

10 de setembro de 2021 08:51

Agência Brasil


Relacionadas

Brasil vence Peru e se mantém 100% nas Eliminatórias

Palmeiras e Grêmio decidem último campeão de 2020

Atletas do Operário falam sobre a expectativa para Paranaense

Raasch anuncia mudanças no “Prata da Casa”
Associação de basquete de PG busca captação de recursos
Velocidade na Terra tem prova adiada pela 3ª vez no Paraná
Prática de atividade física é aliada na pandemia
Neymar se tornou o maior artilheiro da seleção brasileira na história da competição, com total de 12 gols. Foto: Lucas Figueiredo/CBF/Direitos Reservados
PUBLICIDADE

Neymar marca e se torna maior artilheiro do Brasil na competição

O Brasil derrotou o Peru por 2 a 0, na noite da última quinta-feira (9) na Arena Pernambuco, e manteve o aproveitamento perfeito nas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022 (Catar) com oito vitórias em oito jogos.

A vitória teve um significado especial para o camisa 10 Neymar, que marcou uma vez pelo time comandado por Tite e se tornou o maior artilheiro da seleção brasileira na história da competição, com o total de 12 gols, um a mais do que Romário e Zico, os segundos colocados da relação.

Vitória tranquila

Após optar pela formação que iniciou o duelo com os argentinos (Weverton; Danilo, Lucas Veríssimo, Éder Militão e Alex Sandro; Casemiro, Gerson, Lucas Paquetá e Éverton Ribeiro; Neymar e Gabriel Barbosa) o técnico Tite viu sua equipe assumir o comando das ações, com Neymar criando muito.

E foi dos pés do camisa 10 que surgiu o primeiro gol do Brasil. Aos 13 minutos Santamaría perdeu para Neymar, que avançou livre em velocidade pela esquerda e cruzou para o meio da área, onde Gabriel Barbosa furou e a bola sobrou para Éverton Ribeiro bater de chapa, de primeira, para abrir o placar.

Se no primeiro Neymar foi o arco, no segundo ele foi a flecha. Aos 39 minutos Danilo lançou Gabriel Barbosa, que avançou pela direita e finalizou, a defesa afastou parcialmente e Éverton Ribeiro aproveitou a sobra e chutou, mas Santamaría conseguiu cortar e a bola ficou com o camisa 10 do Brasil, que só teve o trabalho de escorar para o fundo das redes.

Se na etapa inicial o Brasil dominou, na segunda diminuiu o ritmo e pouco criou, o que manteve o placar inalterado até o fim.

A seleção brasileira volta a jogar pelas Eliminatórias em outubro, quando mede forças com Colômbia, Venezuela e Uruguai.

Com informações: Agência Brasil.

PUBLICIDADE

Recomendados