PUBLICIDADE

Brasil vence de virada e leva bronze no Mundial de Futsal

Equipe venceu o Cazaquistão pelo placar de 4 a 2 e conquistou, pela segunda vez consecutiva, a medalhe de bronze da Copa do Mundo.

Seleção estava atrás do placar, mas conseguiu a virada sobre o Cazaquistão.
Seleção estava atrás do placar, mas conseguiu a virada sobre o Cazaquistão. -

Rodolpho Bowens

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Equipe venceu o Cazaquistão pelo placar de 4 a 2 e conquistou, pela segunda vez consecutiva, a medalhe de bronze da Copa do Mundo

A seleção brasileira masculina de futsal assegurou, pela segunda vez consecutiva, a medalha de bronze na Copa do Mundo FIFA, ao vencer de virada o Cazaquistão, por 4 a 2, em Kaunas (Lituânia), na tarde deste domingo (3). A equipe canarinho perdia por 1 a 0 ao final do primeiro tempo. Na volta do intervalo, o empate veio com gol contra do fixo Taynan, brasileiro naturalizado cazaque, mas a história do jogo só veio mesmo nos minutos finais, com finalizações certeiras de Rodrigo, Ferrão e Lé.

No primeiro tempo o Brasil desperdiçou oportunidades de abrir o placar. Logo no primeiro minuto, em contra-ataque, Rodrigo quase marcou. Depois aos dez minutos, Dieguinho recebeu na entrada da área e bateu de primeira, mas o goleiro cazaque Higuita defendeu. Na sequência, Arthur também quase balançou as redes, ao se livrar da marcação e arrancar em lance individual. Após 11 minutos, o Cazaquistão saiu na frente com gol de Akbalikov, que aproveitou lançamento na medida do goleiro Higuita.

Na segunda etapa, aos quatro minutos, Taynan tentou recuar a bola para Higuita e fez contra, garantindo o empate para o Brasil. E foi ele mesmo que ampliou para o Cazaquistão aos 11 minutos. Na sequência, os brasileiros voltaram a igualar o placar com Rodrigo, após tabela com Dieguinho. Aí a pressão total foi brasileira: aos 13 minutos. Pito pelo lado esquerdo tocou para Ferrão marcar o gol da virada e pela primeira vez o Brasil ficou à frente do marcador. E coube a Lé, sacramentar a vitória e garantir o bronze ao mandar uma bomba já aos 15 minutos. 

A campanha brasileira no Mundial somou seis vitórias em sete jogos, 28 gols marcados e oito sofridos.

Com informações: Agência Brasil.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE