PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Robinho é condenado e deve cumprir nove anos por estupro

Esporte

19 de janeiro de 2022 14:03

Da Redação


Relacionadas

Em casa, Operário enfrenta o Ituano neste sábado

Ponta Grossa terá primeiro Memorial do Basquete do país

Lojas MM anuncia patrocínio a paratleta Trajano Neto

Base do Operário faz 'rodada dupla' nesta sexta-feira em PG
Semifinal da divisão de acesso do Paranaense será no domingo
Arbitragem em Atletismo segue com inscrições abertas
Lutadores de PG participam de competição em Curitiba
Robinho foi condenado em última instância pela justiça italiana Foto: Gazeta Esportiva
PUBLICIDADE

A extradição de Robinho e Falco é improvável, já que a constituição brasileira proíbe a extradição de brasileiros

 

O jogador Robinho foi condenado em última instância pela justiça italiana por conta de uma agressão sexual cometida em 2013 contra uma mulher albanesa. Sua condenação e a de seu amigo Ricardo Falco, que também estava envolvido, é de nove anos.

Segundo o UOL Esporte, a Corte de Cassação de Roma rejeitou o recurso apresentado por Robinho e seu amigo. A sentença é definitiva e não cabe mais recurso.

A extradição de Robinho e Falco é improvável, já que a constituição brasileira proíbe a extradição de brasileiros. Sendo assim, a dupla poderá cumprir sua pena em uma penitenciária brasileira.

A Itália agora deve pedir a transferência de execução de pena à justiça brasileira e aguarda que o Supremo Tribunal da Justiça faça a homologação da sentença estrangeira. Não existe um prazo para esse trâmite ser concluído.

Quando interrogado sobre o ocorrido, Robinho sempre negou as acusações de violência sexual, apesar de admitir que se envolveu com a vítima. O jogador chegou a ser contratado pelo Santos em 2020, mas devido à forte repercussão do caso, seu contrato com o clube foi suspenso.

 

Com informações da Gazeta Esportiva

PUBLICIDADE

Recomendados