PUBLICIDADE

'Cria de PG' garante vitória do Palmeiras no Brasileirão

Meia Zé Rafael marcou o gol que garantiu a vitória de 2 a 1 contra o Juventude

Meia Zé Rafael (foto) marcou o gol que garantiu a vitória de 2 a 1 contra o Juventude
Meia Zé Rafael (foto) marcou o gol que garantiu a vitória de 2 a 1 contra o Juventude -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Era para ser mais tranquilo, mas o Palmeiras fez o seu dever e bateu o Juventude por 2 a 1, neste sábado, no Allianz Parque. Ainda de ressaca após a eliminação na Libertadores, o Alviverde saiu na frente com Rony, levou o empate com Guilherme Parede e garantiu a vitória com Zé Rafael. Agora, com 54 pontos, mantém a vantagem na liderança do Brasileirão, já o time gaúcho permanece na lanterna.

Como não poderia deixar de ser, o primeiro tempo começou com o Palmeiras ditando as ações da partida. Jogando em casa, a equipe de Abel Ferreira buscava ter volume ofensivo, mas parecia travado, errava passes e não levava perigo. Até que aos 14 minutos, Piquerez tabelou com Dudu e cruzou para a área, Rony tentou desviar e Forster quase marcou contra acertando a trave direita de Pegorari.

O duelo estava longe de ser tranquilo para o Alviverde que, nervoso, vacilava tanto na defesa quanto no ataque. O negócio era buscar as jogadas de segurança, como lançamento de Weverton para Rony, que ganhou da zaga, finalizou, mas Pegorari colocou para escanteio. Em uma das melhores chances, o Verdão fez jogada ensaiada, Danilo tocou para Dudu, que finalizou para fora, perdendo "gol feito".

Uma boa alternativa para o Palmeiras foi o chute de fora da área. Zé Rafael teve duas boas oportunidades, ambas em rebotes, uma aos 29', outra já nos acréscimos. A segunda foi a mais perigosa, passou raspando a trave. No entanto, a chance mais perdida foi aos 35', quando Scarpa cruzou rasteiro, Rony furou e Gómez foi bloqueado por Vitor Mendes quase em cima da linha. Seria o 1 a 0 do Verdão.

Apesar de melhor e mais dominante, o Alviverde pareceu bastante tenso e com vacilos primários na etapa inicial, enquanto o Juventude executava o jogo e o resultado da maneira que buscava desde o início. Além disso, a irritação com a arbitragem tomava conta.

Verdão volta aceso, marca, leva o empate, mas sai com a vitória

O Palmeiras voltou para o segundo tempo disposto a mudar a história da partida. Logo no primeiro minuto, Marcos Rocha lançou Rony pela direita, que avançou na área e tocou na saída do goleiro, abrindo o placar para o Alviverde. Dali em diante, começou uma série de gols perdidos com Rony, que teve duas boas chances e quase um golaço, e Dudu. Tudo isso com menos de 15 minutos da etapa final.

Em uma grande jogada, Dudu e Scarpa tabelaram e camisa tocou para o meia dentro da área, mas o lindo lance acabou tranquilo na mão de Pegorari. E como quem não faz toma, o Verdão vacilou na defesa e Guilherme Parede aproveitou bola que pipocou na área para empatar aos 17'. Mas quatro minutos depois, Scarpa bateu escanteio para Zé Rafael desviar no primeiro pau e colocar o 2 a 1 no placar.

O jogo passou a ficar menos intenso a partir do segundo gol palmeirense. No entanto, Bruno Tabata quase marcou o terceiro em rebote de cobrança de falta, a bola passou raspando a trave. Somente aos 35 minutos, Abel Ferreira fez suas primeiras substituições com Mayke, Breno Lopes e Rafael Navarro. No fim do jogo, já nos acréscimos, Atuesta teve grande chance em jogada de Gabriel Menino, mas chutou na mão do goleiro Pegorari. Foi o último lance de perigo da partida, que terminou 2 a 1.

E agora?

Com a vitória, o Palmeiras vai a 54 pontos e mantém sua vantagem na liderança do Brasileirão. Na próxima rodada, o Verdão enfrenta o Santos, no Allianz Parque, no domingo (18), às 18h30. Já o Juventude permanece na lanterna do campeonato com 18 pontos, e na próxima rodada recebe o Fortaleza, em Caxias do Sul, também no domingo.

As informações são do Lance!

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE