PR faz sua melhor participação nos 'Jogos da Juventude'

Ao todo foram 82 medalhas, sendo 37 de ouro, 18 de prata e 27 de bronze; competição aconteceu em Aracaju (SE)

Atletas paranaenses, de 15 a 17 anos, se destacaram nos 'Jogos da Juventude'
Atletas paranaenses, de 15 a 17 anos, se destacaram nos 'Jogos da Juventude' -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O Paraná fez sua melhor participação em 'Jogos Escolares da Juventude', de 15 a 17 anos, de toda sua história. Foram 82 medalhas no total, sendo 37 de ouro, 18 de prata e 27 de bronze. São Paulo ficou em segundo lugar com 33 ouros. 

Organizado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), o JOJUS é o maior evento olímpico da categoria e reúne os melhores atletas de todos os estados e Distrito Federal. Pela primeira vez nesse formato de seleções, formadas por equipes finalistas da etapa estadual dos Jogos Escolares do Paraná, o Paraná montou uma seleção de ouro. Foram 15 dias de esporte na cidade de Aracaju (SE).

“Nossos técnicos fizeram um brilhante trabalho selecionando os melhores atletas do Paraná nas modalidades coletivas e os resultados foram os melhores obtidos nos últimos dez anos. O esporte escolar do Paraná evoluiu muito em qualidade técnica de seus atletas, devemos destacar o trabalho feito também pelas federações esportivas que fomentam o esporte”, comentou Marcia Tomadon Moreira, chefe da delegação paranaense.

Foram disputadas 16 modalidades olímpicas e 4.180 atletas respiraram o que o esporte pode proporcionar de melhor. As competições tiveram início em 2 de setembro com ouro na natação e finalizaram em 17 de setembro com ouro no basquete.

Base

O Paraná mostrou que 'a base vem forte' desde o primeiro dia com Cauê Gluck, da natação, primeiro medalhista de ouro da edição de 2022. Cauê faturou sete medalhas, três de ouro, duas de prata e duas de bronze. 

Também das águas veio a maior medalhista dos Jogos da Juventude, Ana Carolina Ghellere, com nove medalhas, sendo seis de ouro e três de bronze. A natação garantiu vinte e quatro medalhas ao total.

A ginasta Josyane Calixto garantiu cinco medalhas de ouro e Laura Cecília Kheush uma de ouro. Também na ginástica, mas desta vez rítmica, a campeã panamericana, Maria Eduarda Alexandre, garantiu três ouros e Isadora Carnielli de Oliveira um ouro, uma prata e um bronze, além de Stefhany Beatriz Popoatzki um ouro.

Na última etapa dos Jogos da Juventude, foi a vez do judô brilhar com suas nove medalhas, sendo três de ouro, duas de prata e quatro de bronze. Gustavo Milano, nos -81kg, Alexandre Albano, com -90kg e Emily Santos, com +70kg, faturaram o ouro. As pratas ficaram com Beatriz Nascimento, -52kg e Nycolly Carneiro, -48kg. Os terceiros lugares ficaram com Sogia Fuchs, -44kg, Francisco Shier, -66kg, João Lira, -60kg e Kauane Senger, -70kg.

E para finalizar com chave de ouro, literalmente, o basquete feminino e masculino foram campeões absolutos no último dia de Jogos da Juventude 2022.

O próximo encontro dos Jogos da Juventude será na cidade de Ribeirão Preto (SP), em setembro de 2023.

Conteúdo de marca

Quero divulgar right