Dificuldade de ir ao banheiro fora de casa tem explicação

Homem-comportamento

13 de março de 2019 12:40

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Paternidade ativa e como praticar no dia a dia

Porque tentar ser produtivo o tempo todo é improdutivo

Estudo revela o comportamento do homem brasileiro

Orientadora fala sobre as chances de um segundo encontro
Dificuldade de ir ao banheiro fora de casa tem explicação
Cerca de 42 milhões de brasileiros sofrem com a calvície
Exames pré-operatórios para cuidar da próstata aumentada
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Motivos estão relacionados às razoes fisiológicas e psicológicas

Sentir dificuldade de ir ao banheiro fora de casa não é desculpa nem frescura. De acordo com a proctologista do Hospital Edmundo Vasconcelos, Maristela Gomes de Almeida, há explicação para essa condição, e está relacionada a razões fisiológicas e psicológicas.

A mudança de ambiente é um dos motivos de fundo psicológico, pois interfere diretamente no ritual que a maioria das pessoas tem na hora de evacuar. Segundo a médica, essa alteração é capaz de bloquear ou retardar a ida ao banheiro.

Somado a esse fator, há também o processo fisiológico que intensifica essa barreira. "Quando se está fora de casa, dificilmente a dieta alimentar é seguida, ocasionando uma transformação na rotina, como por exemplo, ingestão de alimentos com menos fibras, mudança de horário das refeições. Tudo isso ajuda a aumentar esse bloqueio", explica a especialista.

Adiar essa ação natural do organismo acarreta em consequências que vão desde o desconforto até fissuras na região do ânus. Maristela Gomes de Almeida esclarece que, conforme a pessoa segura as fezes, é comum surgirem problemas como formação de gases e constipação de fato.

Entretanto, a gravidade dessas complicações pode aumentar quando o bloqueio se estende por períodos longos. Com as fezes ressecadas, por conta do acúmulo por muitos dias no reto, há um aumento no esforço para eliminá-las e, em casos extremos, pode haver necessidade de uma lavagem intestinal, como conta a médica.

A proctologista alerta ainda que, quando a evacuação não acontece por dias seguidos, existe o risco de ocasionar fissuras, ou seja, a laceração da pele do ânus pelo esforço, ou ainda hemorroidas inflamadas, chamadas de trombose hemorroidária - quando uma veia que nunca apresentou sintomas inflama, fica dolorida e para fora, podendo até sangrar.

Informações Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede