Homem tem pênis amputado após 48 horas de ereção

Insana

11 de abril de 2019 16:10

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Viúva para velório após marido morto apertar sua mão

Homem tenta assaltar banco de SC com máscara de idoso

Casal confunde calcinha com 'cobra' e aciona bombeiros

Você compraria comida plantada em shopping?
‘Chifrudo’ é flagrado ‘tentando entrar’ em motel de Cascavel
Cristiano Ronaldo deixa R$87 mil de gorjeta em resort
PM prende 'Branca de Neve' e 'Fada do Dente' por embriaguez ao volante
Médicos usaram um bisturi para drenar o local e diminuir o inchaço. O paciente ficou com um cateter e curativo Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Médicos usaram um bisturi para drenar o local e diminuir o inchaço. O paciente ficou com um cateter e curativo

Um homem de 52 anos teve parte do pênis amputado na Índia após ficar dois dias seguidos com o órgão ereto. O caso aconteceu no mês passado. As informações foram publicadas no periódico British Medical Journal Case Reports.

O paciente chegou ao centro médico afirmando que estava com o pênis ereto e dolorido há 48 horas. Imediatamente, os médicos usaram um bisturi para drenar o local e diminuir o inchaço. O paciente ficou com um cateter e curativo.

Mas a cirurgia não teve sucesso, e no dia seguinte o homem teve que retornar ao hospital. A região começou a gangrenar devido a um cateter deixado no órgão. A ponta do pênis tomou uma coloração preta, e para evitar uma infecção, os médicos então amputaram uma parte do pênis.

O relatório de pesquisadores da King George’s Medical University, apontou que o cateter provocou a morte dos tecidos.

Leia mais sobre o assunto clicando aqui

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede