Clube de leitura de PG debate obras de mulheres

Mix

15 de maio de 2019 15:44

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Semana da Cultura terá shows gratuitos neste sábado

Paulinho Mixaria faz show nesta sexta e sábado em PG

Secretário explica como vai funcionar a Rota da Cerveja

Garimpo resgata paixão por carros antigos e miniaturas
Festa das Nações terá show gospel internacional
Organização do FUC divulga lista de músicas selecionadas
Way Beer lança cerveja com banana passa
PUBLICIDADE

O clube promove encontros mensais gratuitos para estimular a leitura de livros escritos por mulheres

O clube de leitura Leia Mulheres PG, criado pelas estudantes de jornalismo Ana Istschuk e Barbara Popadiuk, realiza encontro neste sábado (18) para discutir o livro 'um útero é do tamanho de um punho' da poeta brasileira contemporânea Angélica Freitas. A atividade acontece no Cactus Coffee e Bar a partir das 15h, é gratuita e aberta a todos que estejam interessados em participar.

“Este ano a gente achou interessante juntar os livros discutidos no clube em blocos temáticos para atrair leitoras e leitores”, comenta Ana Istschuk. Os temas escolhidos são: a construção da mulher, raça e sexualidade, e relatos e vivências. O debate de sábado encerra a primeira temática, que é a construção da mulher.

“As discussões estão sendo muito produtivas, apesar dos livros serem de lugares diferentes, autoras de outras realidades e épocas, a gente consegue relacionar as histórias e as personagens”, considera Barbara Popadiuk.

O Leia Mulheres é uma rede de clubes de leituras que está presente no Brasil e também em Portugal, na cidade de Porto. A proposta surgiu a partir do projeto #readwoman2014 (leiamulheres2014), criado pela escritora inglesa Joanna Walsh, para aumentar a leitura de autoras que não têm a mesma visibilidade que autores devido às desigualdades do mercado editorial.

Em 2015 surgiu o primeiro Leia Mulheres no Brasil e desde então os clubes foram se espalhando espontaneamente pelas cidades. Hoje é possível encontrar grupos da rede em mais de 120 municípios brasileiros. O clube de Ponta Grossa chegou em 2018.

A obra a ser discutida em junho é 'A cor púrpura' da autora ativista e estadunidense Alice Walker, o livro abre as reflexões do segundo bloco temático: 'Raça e Sexualidade'.

 

Programação de leitura:

Fevereiro: Mulheres que correm com os lobos – Clarissa Pinkola Estés

Março: Outros jeitos de usar a boca – Rupi Kaur

Abril: A bolsa amarela – Lygia Bojunga

Maio: Um útero é do tamanho de um punho – Angélica Freitas

Junho: A cor púrpura – Alice Walker

Julho: Amora – Natalia Borges Polesso

Agosto: Cartas para a minha mãe – Teresa Cardenas

Setembro: A mulher de pés descalços – Scholastique Mukasonga

Outubro: O quarto de despejo – Carolina de Jesus

Novembro: Vozes de Tchernóbil – Svetlana Aleksiévitch

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede