Série ponta-grossense é destaque na internet

Mix

20 de novembro de 2019 16:25

Andre Bida


Relacionadas

La Casa de Comédia: apresentação ao vivo é adiada

Münchenfest elege suas novas majestades

Maria Fumaça iluminada percorre e encanta PG

Séries da Globo apontam alguns dos principais problemas sociais
Velhas Virgens sobem ao palco do Baviera nesta sexta-feira
MünchenFest conhece nova rainha nesta sexta em PG
MCG recebe personagens do Sítio do Picapau Amarelo
PUBLICIDADE

‘La Casa de Comédia’ superou 30 mil visualizações em menos de um mês no ar

A versão adaptada de ‘La Casa de Papel’ está bombando na internet. A produção 100% ponta-grossense, titulada ‘La Casa de Comédia’ já superou a marca de 30 mil visualizações em menos de um mês no ar. A série tem a direção dos comediantes Guilherme Augusto, Diego Sauka e Cleverton Pereira.

A série é inspirada na trama espanhola que tem distribuição pela empresa de Streaming Netflix, a versão original conta a história de oito ladrões que se trancam com reféns na Casa da Moeda da Espanha e são liderados por um professor. Na produção ponta-grossense, três comediantes tentam realizar um assalto a uma loja da rede MM e são comandados por produtor de show, interpretado por Vinícius Alves.

Os nomes dos personagens na trama original são baseados em cidades do mundo, como Tóquio, Berlim, Rio, entre outros. Na produção ponta-grossense, os nomes são de regiões e vilas da cidade. Guilherme Augusto se chama Dal Col, Diego Sauka é o Ronda e Cleverton Pereira é o Chapada.

“Tudo começou com uma paródia que fizemos para homenagear a cidade e deu um grande resultado", comenta Guilherme Augusto. “Depois fizemos uma análise que não dava para parar com as produções, pois as pessoas abraçaram a ideia e com isso surgiu a ideia da série”, diz Diego Sauka. “O primeiro episódio foi pensado rapidamente e nesta conversa de avaliação do vídeo já montamos todo o roteiro”, informa Cleverton Pereira.

A série ‘La Casa de Comédia’ usa uma linguagem informal, popular e com expressões locais. Outra técnica usada pelos comediantes para gerar maior identificação do público é a participação de figuras populares da cidade, como: Repórter Sassá, a mascote do MM Xicória e Flávio Wilson, cantor que ficou conhecido após lançar um clipe no Estádio Germano Krüger.

A saga de Dal Col, Chapada e Ronda está disponível na página do comediante Gui Augusto no Facebook. A produção da série ponta-grossense é realizada pela Eduardo Araújo Filmes.


Assista aos episódios da Série:

-Episódio 1

-Episódio 2

-Episódio 3

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização