“BBB” está mudando o calendário da televisão brasileira

Mix

24 de fevereiro de 2020 05:30

Da Redação


Relacionadas

Projeto Palco B lança gravações ao vivo de Mello

Moda: Inverno 2020 traz estilo Retrô

Espetáculo educacional resgata cultura circense

‘Fios de Baiano’ fazem show online em bar de PG
aRede e Dom Pizzas Pré-Assadas lançam promoção
Alorino anuncia live show beneficente de humor
Cultura promove seminário online sobre Lei Aldir Blanc
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

A afirmação que o ano só começa depois do Carnaval, durante muito tempo também valeu para a televisão, porque as emissoras, em sua maioria, não realizavam investimentos na programação em janeiro e fevereiro.

Tinha-se como verdade, ou tentava-se passar como tal, que este era um período em que as agências de propaganda e os principais clientes usavam apenas para planificar as suas mídias. E que dinheiro novo nenhum era colocado no mercado nesses dois primeiros meses.

Uma lenda que só o entretenimento seguia ou usava para fundamentar a sua paralisação, porque o jornalismo, nem poderia ser diferente, e a dramaturgia sempre continuavam com suas vidinhas normais.

E assim foi até que o “Big Brother”, além de anular essa justificativa, aos poucos começou a apresentar, inclusive para a própria Globo, as vantagens de se fazer televisão o ano inteiro. E um exemplo que, também lentamente, começa a servir para outras TVs, como Record e Band, por exemplo.

Das maiores, se verifica, só o SBT ainda continua parado no tempo e na história.

E, por certo, perdendo muito com isso.

PUBLICIDADE

Recomendados