Corpo de verão se constrói no inverno

Mix

24 de março de 2020 14:29

Da Redação


Relacionadas

Não perca o foco em tempos de Pandemia!

DJ Maurício Cury lança música aos profissionais da saúde

Filmes poderão ter papel importante na TV em tempos de coronavírus

Questão do hábito faz toda diferença na alta audiência da Globo
Grupo educacional disponibiliza cursos online gratuitos
O delicado momento da Teledramaturgia da Record
Dinho Ouro Preto é diagnosticado com coronavírus
Andreia Tokutake dá dicas e fala dos benefícios dos treinos Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Veja as dicas e benefícios da profissional Andreia Tokutake que farão a diferença em seu treino

Com a chegada do frio, dá vontade de ficar embaixo do edredom e fugir da academia, não é? Mas é nessa época que o consumo de calorias é maior e abandonar os treinos pode prejudicar o condicionamento físico e os resultados já adquiridos. Por isso, veja as dicas e benefícios da profissional Andreia Tokutake que farão a diferença em seu treino. Vamos lá?

Aqueça o corpo

Com o frio, o corpo em repouso tende a levar mais tempo para chegar à temperatura ideal durante o exercício. Portanto, é fundamental aquecer e alongar antes do treino. Além disso, a musculatura fica mais contraída e tensa durante essa época. Para reduzir o risco de lesões, inicie a atividade de forma gradual, aumentando o ritmo aos poucos.

Faça atividades em academia

Alterne os treinos ao ar livre com academia, onde as temperaturas são mais agradáveis e o frio deixa de ser uma desculpa para não se exercitar. Mas caso você não abra mão de treinar ao ar livre, proteja as extremidades do corpo, como cabeça, pés e mãos, pois são as que mais sofrem. Use luvas e gorros, vista calça esportiva para o frio e jaqueta corta-vento, para minimizar as perdas excessivas de calor.

Mantenha-se hidratado

Assim como no calor, a prática de atividades físicas favorece a perda de líquido por meio da transpiração. Como a temperatura corporal baixa reduz a percepção de sede, muitas pessoas começam o treino já desidratadas. Portanto, manter a hidratação do corpo é essencial.

Perca mais calorias

Com o frio, o organismo precisa de mais energia para manter a temperatura corporal. Com isso, o metabolismo fica acelerado, potencializando a queima de gordura. Para quem quer emagrecer, esse é um ótimo incentivo para se exercitar no inverno.

Espante o desânimo

Uma forma de combater a preguiça de sair da cama e o desânimo é praticar atividade física. Ao se exercitar, há um aumento da concentração de endorfina, substância responsável pelo bem-estar. Assim, os exercícios no frio deixam as pessoas mais animadas, previnem a depressão e a ansiedade, reduzem o estresse e aumentam consideravelmente o bom humor.

Melhore seu sistema imunológico

Fazer exercícios no frio pode ajudar a prevenir doenças características do inverno, como resfriados, infecções de garganta e gripe. Com a prática das atividades físicas, a imunidade do corpo é fortalecida, combatendo a presença dos agentes infecciosos.

Viu como não existem desculpas? Quem tem objetivos e quer alcançar resultados reais e sólidos não para no frio. Afinal, é no inverno que se constrói o corpo do verão! Vejo vocês na academia!

PUBLICIDADE

Recomendados