“Boom Bap Velho Oeste” o novo lançamento de Zero Meia

Mix

23 de outubro de 2020 09:28

Da Redação


Relacionadas

Traição é o tema de romance da escritora Liz Vecci

Cantor de PG celebra o dia do Samba com “Declaração”

Lago de Olarias ganha árvore de Natal gigante

‘Literatura para a UEPG’ recebe inscrições para aulas sobre obras do PSS
Moda: Versatilidade resgata acessórios de diversos estilos para este verão
Scilas Oliveira lança novo trabalho musical
Museu Holandês de Arapoti terá recursos da Lei Rouanet
O roteiro do clipe foi feito por Zero Meia e Felipe Hoffman que após algumas reuniões juntaram ideias e referências para iniciar a produção. Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Rappers paranaenses vivem personagens fora da lei em novo clipe de velho oeste

O lançamento da música “Boom Bap Velho Oeste” do rapper Zero Meia, com participação de Gafanhoto e Will No Control (Campo Mourão), marcou a sexta-feira (09/10) dos paranaenses e a cena de rap do estado. Com uma produção audiovisual digna de cinema, representando uma sociedade distópica no melhor estilo faroeste, o clipe usou de personagens e adereços fictícios para dar vida a música que é a faixa 02 do álbum solo de Zero Meia "Rimas que Preciso por Perto".

A track é composta por um beat de 2016 assinado por Luis Cilho (Curitiba) da Tiranossauro Rec e apesar do beat ter uma pegada velho oeste, Zero Meia conta que a primeira versão da música não tinha essa temática, foi após um verso específico que ele acabou montando o refrão e reescrevendo sua parte da rima. Os scratches feitos por Dj Banga contém trechos de diversos filmes, acrescentando referências e reforçando a temática do som.

Com participação de Gafanhoto e Will No Control, mix e master de Zero Meia, a música é mais uma produção executiva da Piá de Vila Produções, selo que desde sua estreia tem lançado audiovisuais de alta qualidade, profissionalizando e apoiando o trabalho de rappers da cidade.

O roteiro do clipe foi feito por Zero Meia e Felipe Hoffman que após algumas reuniões juntaram ideias e referências para iniciar a produção. “Já sabíamos que para fazer o clipe como planejado teríamos que ter bastante cuidado com vários detalhes e previamente fomos atrás de todos os adereços necessários. Com o figurino, tivemos um grande auxílio da Garimpos da Rafa Brechó, mas cada um do elenco auxiliou levando algo para complementar.” conta o rapper.

Com a participação de um grande elenco de apoio, figurino e locação, foi iniciada as gravações que foram feitas pela Hoffmann Filmes, responsável pela captação de imagens, edição e direção do clipe. As locações foram parte fundamental para compor o cenário de época, para isso as cenas foram filmadas na chácara do primo de Zero Meia, Diego de Paula e no conhecido Rancho Dallas de Ponta Grossa.

Para Zero Meia a produção audiovisual é um complemento que faz toda a diferença para a divulgação do seu trabalho: “Valoriza a música e ajuda a enfatizar a mensagem que está sendo passada. Nesse clipe em específico outro fator que motivou foi a questão do desafio de conseguir concretizar tudo que havíamos planejado no roteiro.”

Com música e clipe lançados com excelência e resposta positiva, a próxima novidade do rapper é o álbum solo "Rimas que Preciso por Perto" que tem previsão de lançamento para o dia 30 de outubro deste ano. Até lá você pode ouvir a música “Boom Bap Velho Oeste” em todas as plataformas digitais e assistir o clipe clicando aqui. Acompanhe Zero Meia nas redes sociais para conferir os lançamentos prévios e fique atento às próximas novidades.

Informações Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados