PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Karol Conká é ‘tombada’ com recorde de rejeição: 99,17%

Mix

24 de fevereiro de 2021 07:26

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Flávio Wilson lança funk cultural em novo álbum

O que as crianças gostam de ler?

Puffer Jacket: a peça coringa para o seu inverno

Coluna 'Trilha da Fé': O amor pelo anúncio da Palavra de Deus
Dramaturgia de PG abre inscrições para bolsa de estudo
O Poderoso Chefão tem sessão especial no cinema em PG
Astrofotógrafo captura imagens incríveis do céu nas Cataratas
Dentro do jogo, o ator Lucas foi seu principal alvo Foto: Divulgação/Rede Globo
PUBLICIDADE

Rapper curitibana supera Nego Di, eliminado na semana passada com 98,76%, no Big Brother Brasil. Mobilização nas redes sociais pedia saída 'acima de 99%'

Chegou ao fim a trajetória de Karol Conká no Big Brother Brasil 2021. A curitibana foi eliminada com 99,17% dos votos na noite desta terça-feira (23), batendo o recorde que pertencia, até semana passada, a Nego Di, que saiu com 98,76%. Gilberto (0,29%) e Arthur (0,54%) completaram o paredão.

Recheada de polêmicas, a rapper mobilizou uma campanha nas redes sociais para bater o recorde e superar os 99%. Karol foi indicada ao paredão pela líder da semana, Sarah, enquanto seus adversários foram para a berlinda após serem os mais votados da casa.

As críticas variam de várias formas, principalmente pelo jeito ácido e como a ex-sister tratava seus colegas de casa, como Lucas. O ator foi acusado de ter mau hálito “de ruindade”, questionou sua fé e chegou a comparar ao goleiro Bruno que foi condenado pelo assassinato de Eliza Samudio.

Juliette e Carla Diaz foram outros alvos da recordista de votos da história do BBB, sendo acusada, inclusive, de racismo no início do jogo.

PUBLICIDADE

Recomendados