PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Concurso de Vitrine apresenta ganhadores da 1ª edição

Mix

27 de setembro de 2021 19:30

Da Redação


Relacionadas

FMC realiza abertura do 3º PG Memória nesta sexta-feira

Museu Campos Gerais convida para exposição de Leminski

Confira a Coluna RC desta sexta-feira (22-10)

Troca de ingressos para show de Thiaguinho encerra na sexta
Equipes são classificadas para a próxima etapa do Ideathon 2021
Lucas Beat em PG tem novo lote de ingressos à venda
‘Contos que não se contam’ será lançado em novembro
PUBLICIDADE

Decoração alusiva às comemorações de setembro rendeu troféus e prêmios para as empresas participantes

A Prefeitura de Ponta Grossa, através Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional (SMICQP) em parceria do Sindilojas, no Festival Viva Ponta Grossa, e com o apoio do Sistema Fecomércio e com o patrocínio da Cresol, premiou nesta segunda-feira (27), as lojas vencedoras no concurso de vitrines do Festival Viva Ponta Grossa. A loja vencedora, com quase 3 mil votos foi a Maria Mariá Mix, da Avenida Vicente Machado.

A prefeita Elizabeth Schmidt comemora a participação dos munícipes na votação do concurso. Segundo ela, os milhares de votos computados demonstram o engajamento do público que com certeza se reverterá em fidelização de clientes, fator importante em um momento de retomada da economia. “Não podemos esquecer que os temas do Festival que remetem ao amor pelo Brasil e por Ponta Grossa, também valores importantes para o desenvolvimento da cidade. Enquanto parceiros na realização do Festival Viva Ponta Grossa, ficamos muito felizes com o resultado e parabenizamos os vencedores, mas também todos os que deixaram a cidade mais bonita”, enfatiza Elizabeth.

O empresário Regis Godoy, proprietário da rede de lojas Maria Mariá, vencedora do concurso de vitrines, comenta que foi de suma importância ter participado, principalmente por ser uma data com uma enorme simbologia para a cidade, que é o aniversário de Ponta Grossa. “Dos 198 anos de existência da cidade, em 37 anos Maria Mariá tem a honra de estar presente na vida da população. Foi uma grande satisfação participar, reconhecemos o empenho das equipes de todas as lojas, que além dos jurados, contaram com o desafio da votação popular. Somou para nós, além do prêmio, também pelo aprendizado”, avalia Godoy.

O concurso aconteceu entre as datas de 7 e 15 de setembro, alusivo ao Dia da Independência do Brasil e aniversário de Ponta Grossa. As lojas premiadas receberam além de troféu, prêmios em dinheiro e cursos para seus colaboradores. Participaram do concurso 28 lojas da cidade.

Foram convidados jurados para avaliar a produção, de design e materiais usados para a confecção da produção das vitrines, para as etapas deste concurso cultural e atrativo, para a visitação presencial nas lojas. Após conhecidos os finalistas, as vitrines foram para o voto popular através do site da Prefeitura.

Em 1º lugar ficou a loja Maria Mariá Mix com 2.386 um prêmio em dinheiro de R$3 mil; em 2º lugar ficou a Loja Luiza com 1.806 votos e faturou R$2 mil, enquanto com 896 votos, a Loja Fabiana Kids recebeu como prêmio o valor de R$ 1 mil. Em 4º lugar ficou a Loja Maxitango com 448 votos e em 5º a Maxicalçados com 242 votos. Do 1º ao 3º lugar os receberam troféus e até do 1ª ao 5º lugar terão como prêmio cursos do Senac para os colaboradores.

De acordo com o secretário José Loureiro Neto, que também é o presidente do Sindilojas, o Festival foi além do seu objetivo de atrair o público e aumentar as vendas, mas também reforçou, através da ornamentação, o sentimento de amor ao Brasil e à Ponta Grossa. “Pela quantidade de votos que as vitrines tiveram, temos a certeza que estamos no caminho certo e que em 2022 o Festival Viva Ponta Grossa terá uma adesão maior e a competitividade ficará ainda mais acirrada. Quem ganha com isso é o ponta-grossense”, finaliza Loureiro.

Jean Carlos Ribeiro, gerente da Cresol, empresa patrocinadora do evento com parte das premiações aos lojistas, comenta que a entidade tem como objetivo o crescimento dos cooperados. Segundo ele, o Concurso de Vitrines é de extrema importância neste momento de retomada da economia. “É uma forma de incentivar o comércio a trazer os clientes para dentro das lojas. São mais de seis mil votos que são possíveis compradores que não apenas viram a vitrine das lojas, mas também compraram algum produto”, comenta Ribeiro, que salienta que a Cresol tem como compromisso, ajudar a desenvolver a comunidade, e o Festival é uma forma de desenvolver o comércio, criando alternativas para atrair clientes.

PUBLICIDADE

Recomendados