PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Livro de aventuras na Mansão Villa Hilda é lançado

Mix

21 de janeiro de 2022 15:30

Da Redação


Relacionadas

Confira a coluna RC desta terça-feira (17/05)

Cantora mirim de PG dá show e vai ao time Brown no The Voice Kids

MODA: Estampa pode expressar muito mais do que uma imagem

Confira a coluna RC deste sábado (14/05)
Contagem regressiva para show de Zé Felipe em PG
13 filmes de suspense e terror para ver nesta sexta-feira 13
Confira a coluna RC desta sexta-feira (13/05)
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Empoderamento feminino é tratado de forma leve e divertida na obra ‘Uma noite fantasmagórica’, de Simone Pedersen

O ano começou com tudo no Instituto Pegaí Leitura Grátis. Depois de fechar 2021 com 413.175 livros em seu acervo compartilhado, representando mais de 78 mil novos livros em um ano, o projeto segue com o objetivo de aproximar livros sem leitores de leitores sem livros. Pra dar o pontapé inicial, foram impressos 6 mil exemplares da obra ‘Uma noite fantasmagórica’, da escritora paulista Simone Pedersen.

Este é o terceiro trabalho de Simone inspirado na belíssima Mansão Villa Hilda, em Ponta Grossa, que coleciona histórias e relatos dos moradores locais de ser mal-assombrada. As outras duas obras – ‘O Fantasma da Vila Hilda’ e ‘A turma da Vila Hilda contra-ataca’ – também tiveram os direitos de impressão cedidas gratuitamente ao Pegaí, chegando às estantes em 2019 e 2020, respectivamente, alcançando um grande sucesso entre o público.

Agora, a história gira em torno da menina Natalie, que, quando decide mostrar para todos que era capaz de enfrentar os mesmos desafios que os meninos, não sabia que essa escolha a levaria a uma decisão muito difícil: passar uma noite sozinha em um casarão assombrado. “Este livro foi escrito com muito carinho, porque além de ser uma história fantasmagórica, ele traz uma reflexão que é muito importante e atual”, conta a autora, que tem mais de cinquenta livros publicados, entre literários e didáticos, para crianças e adultos. 

Os exemplares serão disponibilizados na Estantes Pegaí espalhadas por 15 cidades paranaenses e também no Projeto Alimentando Mentes, uma iniciativa do Instituto Pegaí na qual livros são adicionados a kits de alimentação, através de parcerias com escolas, instituições e igrejas, dando oportunidade de leitura para famílias em vulnerabilidade social.

E por falar em oportunidade, a impressão da obra foi a porta de entrada no mundo literário para uma jovem muito talentosa. Com apenas 16 anos, Glória Braghetto foi a responsável pelas ilustrações do livro, a convite de Simone Pedersen. “Ilustrar o livro ‘Uma noite fantasmagórica’ foi uma experiência muito rica, que me levou em uma viagem fantástica e misteriosa, onde os personagens ganharam vida por meio dos meus traços e cores. Eu gostei muito da história, pois fala sobre uma garota esperta e corajosa”, diz a jovem, que é moradora de Vinhedo, no interior de São Paulo.

Foi o pai de Glória que procurou a escritora, contando do talento de sua filha para a ilustração. Pouco tempo depois, veio o convite e a oportunidade. "Eu desenho desde que eu me conheço por gente, desde muito novinha eu já desenhava. Quem sabe pode ser a chance de uma vida de ilustradora pela frente", revela Glória.

Outra parceria fundamental foi com Cláudia Fonseca, responsável pela diagramação e revisão do livro. Ela também aceitou o convite de Simone para colaborar na obra por acreditar no poder da leitura e no trabalho sério realizado pelo Instituto Pegaí. “No país, há a cultura de que livro é chato ou só para quem tem grana, mas o Pegaí desmistifica isso e mostra que ler é legal, uma viagem incrível e possível. Ler eu sempre li, mas aprendi que ajudar a levar leitura aos outros é um lance tão incrível quanto ler”, comenta.

Para viabilizar a impressão, o Instituto Pegaí contou com o patrocínio das empresas IPrint Gráfica, Maco Sinalização & Silk e Supermercados Tozetto, além das doações de papel do Grupo BO Paper (miolo) e Papirus (capa). Também foram fundamentais os recursos obtidos a partir dos cupons fiscais doados por pessoas físicas pelo Programa Nota Paraná. Para saber como entrar no time de colaboradores do Pegaí (seja com voluntário, patrocinador, parceiro ou escritor), acesse o site www.pegai.info .

PUBLICIDADE

Recomendados