MODA: Fios, uma rica trama para além do inverno

Imagem ilustrativa da imagem MODA: Fios, uma rica trama para além do inverno
-

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Coluna Estilo e Moda por Silvana Hass desta semana (11/06)

A moda, assim como varias outras coisas, se baseia por estações pré-definidas e, é por meio delas, que surgem as tendências e os designers podem criar as coleções. Uma coleção é desenvolvida através de um tema e pode ser conceitual ou comercial,

Sendo a conceitual apresentam nas passarelas as tendências de forma desconstruída como mangas gigantes como muito volume este modelo ainda não está pronto para usar e sim para inspirar.

A referência do conceito usado pelo estilista, no caso aqui "volume” será interpretado para o comercial onde é exposto nas vitrines um exemplo é " mangas bufantes atualmente muito usada em vestidos”.

As coleções de pré-temporadas tendem a ser mais proveitosas pois passam mais tempo nas vitrines e geralmente são estilos mais usáveis que não vão roubar a excentricidade das próximas grandes coleções.

Durante as semanas de moda onde é disseminada as novas tendências existe uma organização que segue um calendário. No entanto os desfiles de Outono/Inverno que acontecem na Europa se referem ao Outono/Inverno do ano seguinte devido as estações e temperaturas contrárias entre o hemisfério Norte e Sul, o ano no hemisfério Norte tem início no inverno muito frio, diferente do hemisfério Sul que está com temperaturas mais elevadas.

Todo este planejamento de uma coleção inicia antes da escolha dos tecidos, cores e texturas e sim de pesquisa.

No mundo da moda as informações mudam da noite para o dia e as pesquisas são a fonte que alimentam o mundo da moda.

Com a globalização e da tecnologia digital a sociedade contemporânea transformou o método de pesquisa em velocidade acelerando cada vez mais as informações. A moda está inserida no próprio desenvolvimento da humanidade e, consequentemente, na evolução e nestas mudanças.

O ciclo de vida dos produtos é cada vez mais reduzido, um desgaste para os criadores que precisam trabalhar com a velocidade e inovação. Esta tendência é fortemente percebida no mercado da moda ganha cada vez mais novidades estimulando o consumo.  A moda já iniciou um movimento de questionamentos sobre os impactos da modernidade nos tempos atuais.

Partindo desde conceito surgem inúmeras possibilidades, grandes ondulações simultâneas e não lineares de mais um o processo histórico de transição entre a modernidade e a pós-modernidade, justamente porque partem dela os princípios que regem ao novo, ou melhor as novas e variáveis das tendências sejam elas macro ou micro.

Agora vamos comentar de uma tendência já bastante usada por aqui que são os vestidos de tricô. As propostas desses modelos esbanjam conforto e é lindo. Combine a peça nos dias mais frios com a meia-calça mais grossa tipo fio 40. O comprimento do vestido pode ser midi, curto ou longo, podendo cobrir o cano da bota, está é uma tendência fashionista.  Pode ser combinado também com um casaco ganha ainda mais sofisticação. Modelos mais curtos e frio mai ameno use com a tendência de bota de cano alto ou médio de preferência com tons vibrantes, mas escolha um foco de atenção, ou seja, cor vibrante na bota neutra no vestido ou vice-versa.

A principal característica do vestido tricô para este inverno é a confecção sendo usada uma linha mais grossa e tramas grossas. Esta tendência maravilhosa se feita de forma artesanal e como vestir de uma peça de arte do entrelace dos fios.  O resultado é valorização do artesão unindo, criatividade, sofisticação o que transforma qualquer look em uma obra-prima.