Bolsonaro fará pronunciamento nesta tarde

Durante coletiva de demissão, Moro afirmou que Bolsonaro pretende fazer interferência politica em cargos técnicos na Polícia Federal

Imagem ilustrativa da imagem Bolsonaro fará pronunciamento nesta tarde
-

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Durante coletiva de demissão, Moro afirmou que Bolsonaro pretende fazer interferência politica em cargos técnicos na Polícia Federal

O presidente Jair Bolsonaro anunciou que fará um pronunciamento às 17h desta sexta-feira (24/4), no qual deve se defender das acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro durante pedido de demissão.

Por meio das redes sociais, Bolsonaro disse que "restabelecerá a verdade": "Hoje às 17h, em coletiva, restabelecerei a verdade sobre a demissão a pedido do Sr. Valeixo, bem como do Sr. Sergio Moro", escreveu.

Durante coletiva em que anunciou o pedido de demissão, Moro afirmou que Bolsonaro admitiu a ele a intenção de realizar uma interferência politica na Polícia Federal. Ainda segundo Moro, o presidente teria manifestado o desejo de indicar um diretor-geral com quem pudesse se comunicar diretamente, manifestou preocupação com processos em andamento do Supremo Tribunal Federal e manifestou até mesmo o desejo de acessar relatórios técnicos.

O ex-juiz da Lava-Jato disse, então, que não poderia aceitar essa forma de interferência na Polícia Federal e que, por isso, deixava o cargo.

Mais cedo, Bolsonaro havia dito a jornalistas que, na quinta-feira, a imprensa havia errado ao noticiar a saída iminente de Moro. E, pelo Twitter, ressaltou que a indicação do diretor da PF é atribuição constitucional do presidente da República.

Informações: Correio Braziliense

Conteúdo de marca

Quero divulgar right