Milla destaca economia de R$ 5 mi na Câmara de PG

Política

26 de junho de 2020 20:46

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Câmara vota hoje proposta que adia eleições deste ano

Milla destaca economia de R$ 5 mi na Câmara de PG

Bolsonaro fará pronunciamento nesta tarde

Justiça dá 96h para fundo eleitoral ser usado contra Covid-19; AGU recorre
PG sediará debate sobre substituição tributária
OAB pede no STF suspensão de congelamento de verbas
EUA elogiam postura de Bolsonaro com Mais Médicos
Vereador não descartou concorrer à Prefeitura de PG Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Parlamentar citou principais ações durante a pandemia e avaliou o cenário político de Ponta Grossa

O presidente da Câmara dos Vereadores de Ponta Grossa, Daniel Milla (PSD), concedeu uma entrevista ao Portal aRede nesta sexta-feira (26), onde citou importantes pontos do trabalho do Legislativo local. Entre os principais tópicos estão as ações na pandemia, a economia de R$ 5 milhões pela casa e outras medidas do cotidiano da Casa.

“Não só na questão do Legislativo como também nos empresários locais, todos nós estamos passando dificuldades. Perdendo emprego e tal. Tanto o poder Legislativo e Executivo estão tomando algumas medidas para prevenir essa expansão do coronavírus. Com isso traz algumas dificuldades financeiras para muitas pessoas. O prefeito Marcelo Rangel vem pensando na vida da população, por isso que PG é uma das cidades com menos números de casos dessa pandemia”, aponta o vereador.

As medidas de segurança e sanitária foram destaques de Milla: segundo o presidente da Câmara, há álcool em gel e utilização de máscaras na estrutura interna, o que permite que as pessoas possam acompanhar as sessões dentro da Casa de Leis. Também, pontua que essas ações em época de pandemia não irão agradar a todos os ponta-grossense.

“Estamos preocupados com a vida da população de PG. Mas, acredito que as medidas do prefeito são medidas corretas, algumas gera até uma discussão como a abertura dos horários de comércio. Você poderia atender e abrir todos os dias, mas infelizmente não temos fiscalizações suficiente”, comenta o vereador.

Milla cita o toque de recolher, ouvindo os dois lados: os que querem e não querem ficar nas suas residências. O legislador vem recebendo várias denúncias de irregularidades, elencando que se as pessoas tiverem conscientização, não seria necessário o toque de recolher, sendo uma importante medida de prevenção.

Em complemento, o vereador avalia sua atuação como presidente da Câmara de Ponta Grossa, citando a economia que trouxe ao Legislativo Municipal. “Algumas das áreas mais importante foi a economia e como trabalhar com o dinheiro público. Deixamos de investir no anexo da Câmara Municipal com o aumento de vereadores de 15 para 23. Iria custar 5 milhões, passaram alguns presidentes, chegou em minhas mãos e eu arquivei esse projeto e optei por uma reforma, que custou 200 mil reais, ou seja; foi uma economia muito alta”, conclui Milla.

Vereador não descarta candidatura

Questionado sobre a possibilidade de concorrer à Prefeitura de Ponta Grossa nas eleições municipais de 2020, Milla não descartou a candidatura. “Quem tem que escolher isso é a população de PG, através de pesquisas que vão indicar quem deve sair candidato. Meu partido PSD, Ratinho e Sandro Alex também, terá um candidato à Prefeitura, mas vamos esperar a opção da população, pois é ela quem vai indicar quem devem ser os candidatos”, comentou.

PUBLICIDADE

Recomendados