PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

CPI pede que prefeito não reajuste tarifa de ônibus

Ponta Grossa

21 de fevereiro de 2017 18:14


Relacionadas

Grupo aRede faz sabatina com candidatos ao pleito da OAB-PG

Câmara de PG discute criação de ‘fundo’ à Procuradoria

Prefeitura de PG reforça ações de combate à tuberculose

Vereadora pede a criação da Secretaria de Mobilidade em PG
Pagamento do 13º injetará R$ 278 mi na economia de PG
LCA Móveis e Decoração oferece descontos de até 50% em PG
Escola Adventista Ponta Grossa inaugura nova estrutura
Foto: Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Comissão pede que Marcelo Rangel não aprove aumento da tarifa até que vereadores concluam o inquérito na Câmara.

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre o transporte coletivo em Ponta Grossa protocolou na tarde desta terça-feira, um requerimento a ser dirigido ao prefeito Marcelo Rangel, com cópia para os membros do Conselho Municipal do Transporte.

No documento consta um pedido dos vereadores que integram a comissão para que não seja aprovado nenhum aumento na tarifa do transporte coletivo urbano até que a Comissão conclua os trabalhos.

De acordo com o vereador George Luiz de Oliveira (PMN), presidente da CPI, a ideia inicial era protocolar esse documento amanhã, após a primeira reunião deliberativa da comissão, mas o encaminhamento foi antecipado. "Diante da realização da reunião do Conselho, que pode resultar na decisão do aumento da tarifa, adiantamos este requerimento. Nossa intenção é investigar a composição da tarifa do transporte e averiguar o porquê de um aumento que pode ultrapassar 17% e esperamos que o preço da passagem não suba nenhum centavo até concluirmos o trabalho", afirma George.

A Comissão é integrada ainda pelos vereadores Daniel Milla (PV). Domingos ‘Mingo’ Menezes Junior (DEM), Geraldo Stocco (Rede) e Felipe Passos (PSDB). Eles voltam a se reunir nesta quarta-feira (22), às 13h30, para deliberar os próximos passos.

Informações da Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados