PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Stocco cobra transparência nos trajetos de ônibus em PG

Ponta Grossa

07 de abril de 2017 13:03

da redação


Relacionadas

Mulher com esquizofrenia foge de UPA e família pede ajuda em PG

PG registra mais 1.127 novos casos do coronavírus

Ex-prefeito Marcelo Rangel recebe sondagem do Podemos

Vilas de PG recebem R$ 1,3 mi para pavimentação de ruas
UEPG define nesta terça o retorno às aulas presenciais
Família de PG pede ajuda para tratamento de criança
Expulso de balada, cliente atira contra estabelecimento em PG
Stocco cobra transparência nos trajetos de ônibus em PG/ Foto: Divulgação Foto:
PUBLICIDADE

Vereador lembrou que testes recentes realizados pela AMTT não tiveram a divulgação necessária e prejudicaram os usuários do transporte coletivo

Os testes realizados pela Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT) em Ponta Grossa na última semana causaram problemas para usuários do transporte coletivo da cidade. O vereador Geraldo Stocco (REDE) usou a tribuna do Legislativo Municipal para cobrar “ampla divulgação” antes de novas alterações nos trajetos das linhas de ônibus.

Os apontamentos de Stocco foram motivados pelos testes realizados pela AMTT na última semana de março. Durante três dias, os ônibus que trafegavam pela avenida Vicente Machado foram retirados da via e passaram a transitar pela Rua do Rosário – a mudança serviu para o teste de uma faixa exclusiva para os veículos do transporte coletivo.

No entanto, a alteração provocou mudanças no trajeto dos coletivos e com isso muitos passageiros desavisados ficaram esperando os coletivos em pontos de ônibus temporariamente desativados durante o teste da AMTT. “Por uma questão de respeito ao usuário do transporte coletivo, acredito que deveria ter existido uma divulgação mais ampla das mudanças provocadas no período”, criticou Stocco na tribuna.

O vereador lembrou que, em alguns casos, aposentados permaneceram por horas nos pontos esperando que o ônibus passasse o que, de fato, não aconteceu. “Muitas pessoas sofreram com a falta de divulgação, acredito que caso a AMTT deseje fazer novos testes ou mesmo implementar de maneira definitiva a mudança, a população deveria ser avisada com antecedência”, garantiu Stocco.

Após os testes de retirada dos ônibus da avenida Vicente Machado, a AMTT ainda não definiu oficialmente a data para a implementação de possíveis mudanças no setor. As iniciativas tinham como objetivo conseguir melhorias e avanços no fluxo de veículos na área central de Ponta Grossa.

Vereador estuda mudanças na lei

O parlamentar Geraldo Stocco (REDE) estuda, junto com a equipe jurídica do Legislativo Municipal, possíveis mudanças na lei 7.018 que regulamenta o serviço do transporte coletivo em Ponta Grossa. Aprovada e sancionada em 2002, a lei rege vários aspectos sobre a concessão do serviço público do transporte. Stocco estuda propor mudanças no texto para evitar que as alterações repentinas de itinerário prejudiquem os passageiros.

Informações da Assessoria de Imprensa 

PUBLICIDADE

Recomendados