PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Vereadores querem ampliar segurança no transporte

Ponta Grossa

13 de abril de 2017 17:33

Afonso Verner


Relacionadas

Terreiro de Umbanda é invadido e vandalizado em PG

Homem perde braço em acidente com máquina em PG

Homem é brutalmente assassinado em PG

Homem morto a tiros no Costa Rica é identificado
Quatro homicídios em uma semana assustam PG
Dois homens são atingidos por tiros após homicídio
Homem é executado a tiros no núcleo Costa Rica
Foto: Imagem: Divulgação / Assessoria
PUBLICIDADE

Geraldo Stocco (REDE) e Eduardo Kalinoski (PSDB) pretendem apresentar emenda para proibir ação de ambulantes no interior dos terminais de ônibus de Ponta Grossa

Com o objetivo de garantir a segurança dos usuários do transporte coletivo em Ponta Grossa, os vereadores Geraldo Stocco (REDE) e Eduardo Kalinoski (PSDB) apresentarão na próxima segunda-feira (17) uma emenda ao projeto de lei (PL) 42/2017 de autoria do parlamentar Paulo Balancin (PTN). A medida foi aprovada em primeira discussão na última quarta-feira (12) e Stocco e Kalinoski pretendem apresentar uma emenda para ampliar o projeto.

A proposta da dupla prevê que além de proibir a venda de produtos no interior dos ônibus da Viação Campos Gerais (VCG), o projeto de lei também inclua uma proibição à atuação de ambulantes no interior dos terminais. “Atualmente nas áreas internas dos terminais vários ambulantes atuam sem qualquer tipo de fiscalização e comercializando inúmeros produtos”, lembrou Stocco, um dos idealizadores da emenda.

Segundo a proposta original de Balancin (PTN), ficaria proibido qualquer tipo de comércio dentro dos ônibus da VCG quando os veículos estiveram cumprindo os itinerários ou mesmo parados dentro dos terminais da cidade ou nos pontos finais. A proposta de Stocco e Kalinoski é que os ambulantes também sejam impedidos de atuar dentro dos terminais e não só no interior dos ônibus – a medida não se aplica aos comerciantes devidamente instalados nas áreas regulamentas dos terminais de ônibus da cidade.

Stocco (REDE) e Kaliski (PSDB) articulam nos bastidores o apoio de outros 10 vereadores para apresentar a emenda e coloca-la em votação já na próxima segunda-feira (17) – são necessárias, pelo menos, 12 assinaturas para que a emenda entre em votação.

Vereador cita agressão dentro de Terminal

Na justificativa do projeto, Paulo Balancin apresenta notícias sobre um caso registrado no Terminal de Uvaranas no último dia 21 de fevereiro. Na situação, um ambulante deu uma ‘voadora’ em um motorista da VCG. A agressão teria acontecido quando o vendedor entrou no ônibus para vender os produtos, foi advertido pelo motorista (a empresa já proíbe tal conduta) e então se revoltou contra o funcionário. 

As informações são da assessoria de imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados