PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Projeto incentiva participação de jovens na política

Ponta Grossa

27 de abril de 2017 10:48

Da Redação


Relacionadas

Secretária de Segurança prevê Ponta Grossa 100% monitorada

Obras de maltaria em PG terão início em março

Muffato construirá hipermercado no Jardim Carvalho

Prefeitura retira 10 toneladas de lixo em arroios após temporais
PG registra 999 novos casos da covid nesta sexta
Stocco aciona MP sobre filas em atendimentos de Ponta Grossa
Alunos do Colégio Agrícola e Caic são premiados na OBMEP
Proposta foi elaborada pelos vereadores Geraldo Stocco (REDE) e Vinícius Camargo (PMB) | Divulgação Foto:
PUBLICIDADE

Proposta dos vereadores Geraldo Stocco (REDE) e Vinícius Camargo (PMB) pretende aproximar jovens e adolescentes a partir da criação da Câmara Jovem

O descrédito generalizado com o setor político fez com que jovens e adolescentes se afastassem, cada vez mais, das instituições do setor. Com o intuito de reaproximá-los do meio político e reafirmar a necessidade de “uma nova classe política”, os vereadores Geraldo Stocco (REDE) e Vinícius Camargo (PMB) apresentaram o projeto de lei (PL) 86/2017. A medida cria o “Câmara Jovem” em Ponta Grossa e quer reproduzir a estrutura do Legislativo para a participação de jovens do ensino médio.

A medida quer fazer com que estudantes a partir do 9º ano tenham a possibilidade de pensar sobre a política local e integrem o que os autores do projeto chamam de “Câmara Jovem”. “Nossa ideia é conseguir a adesão de ao menos 23 colégios da cidade para que cada uma dessas instituições eleja um representante e esse parlamentar componha a Câmara Jovem, instituição que irá funcionar nos mesmos moldes do Legislativo Municipal”, explica o vereador Vinícius Camargo.

Com o intuito de fazer com que os jovens e adolescentes ganhem consciência política, a Câmara Jovem vai replicar as mesmas regras e atividades que compõe o Legislativo convencional. Geraldo Stocco (REDE) lembra que a medida será de vital importância para fazer com que uma parcela hoje descrente com a política possa participar e mudar esse meio. “A política precisa de pessoas boas, cidadãos com bons ideais e que possam fazer o melhor pela população”, explica Stocco.

Os próprios idealizadores do projeto são fruto da renovação do Legislativo Municipal em 2016 que passou da casa dos 65%. Stocco (REDE) com 23 anos de idade e Vinícius com 27, ambos cumprindo o primeiro mandato, foram eleitos em 2016 apostando na força dos jovens na política. “Nós somos frutos de uma renovação e queremos fazer com que os jovens se interessem pela política, atividade que muda a vida das pessoas”, argumenta o vereador Vinícius Camargo.

Com a eleição de 23 representantes das escolas, a Câmara Jovem irá se reunir uma vez por mês na sede do Legislativo Municipal para discutir assuntos da cidade e também do nível estadual e federal. “É importante que os jovens tenham a proximidade com a atividade política para que se interessem por ela, a política precisa de boas pessoas para que o meio se transforme e se rejuvenesça”, conta Geraldo Stocco (REDE).

Jovens se reunirão mensalmente para discutir ideias

Com a eleição da Câmara Jovem, os integrantes irão se reunir mensalmente em uma sessão que reproduzirá as mesmas regras do Legislativo convencional, com ordem do dia e votação de projetos, por exemplo. Stocco (REDE) e Vinícius (PMB) afirmam que a ideia é de fato fazer com que os jovens entendam o papel do vereador e da atividade política. “Queremos que eles [jovens e adolescentes] consigam compreender o mecanismo da política municipal e participem de debates que irão interferir no futuro da população”, conta o vereador Vinícius Camargo.

Dupla quer deixar legado de “consciência política”

Na disputa de outubro de 2016, Geraldo Stocco (REDE) e Vinícius Camargo (PMB) foram dois dos 15 novos vereadores eleitos na maior renovação do Legislativo Municipal desde a redemocratização. Para a dupla, o maior legado que o projeto poderá deixar é a criação de uma “consciência política” nos jovens e adolescentes da cidade. “Nossos jovens tem que entender que a política é uma atividade fundamental para a melhoria da vida em sociedade, é preciso que haja mais participação para que os reais interesses da população sejam levados em conta”, conta Stocco.

Importância

O projeto foi protocolado no começo de abril no Legislativo Municipal e ainda tramita pelas comissões internas da Casa de Leis antes de entrar em votação no plenário. Propostas do tipo já existem em outros Poderes Legislativos municipais e até mesmo na Câmara dos Deputados em Brasília – a ideia é tida como promissora por estudiosos que debatem a participação política de jovens e adolescentes.

Informações Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados