PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Stocco pede por transparência nas concessões públicas

Ponta Grossa

23 de maio de 2017 13:45

Da Redação


Relacionadas

Câmeras flagram acidente em avenida; veja vídeo

Homem recebe ‘voadora’ na área central de PG

PG recebe repasses de quase R$ 150 mi do Estado neste ano

Simepar alerta para geada em PG nesta sexta-feira
Homens são detidos após furto em loja na Vicente Machado
Advogada de PG é ‘espionada’ em banheiro de posto
Albergue de PG recebe o nome Maria Isabel Ramos Wosgrau
Stocco pede por transparência nas concessões públicas/ Foto: Divulgação Foto: Imagem: Kauter Prado / CMPG
PUBLICIDADE

Vereador é autor de uma das ações que provocaram a redução do valor da tarifa do transporte coletivo.

O vereador Geraldo Stocco (REDE) é autor de uma das ações judiciais que fizeram com que a Prefeitura de Ponta Grossa (PMPG) reduzisse a tarifa de ônibus de R$ 3,70 para R$ 3,20. Ao lado do deputado federal Aliel Machado, também da Rede Sustentabilidade, Stocco movia, desde fevereiro, uma ação contra o município que tinha como cerne a falta de transparência no serviço do transporte coletivo da cidade.

Membro da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instaurada para investigar o contexto do reajuste de 2017, Stocco lembra que a transparência na prestação do serviço público é um fator fundamental. “Mesmo quando esse serviço não é prestado pelo Poder Público, é vital que haja transparência para que o cidadão tenha seus direitos resguardados”, apontou Stocco.

O vereador ressalta que não é contra o lucro da Viação Campos Gerais (VCG), tido pelo parlamentar como “comum” na atividade empresarial, no entanto lembrou que deve haver informações suficientes para que os órgãos de fiscalização cumpram seu papel. “Em uma democracia saudável, fiscalizar é algo essencial e na nossa cidade não seria diferente, fui eleito com esse papel”, considera o vereador.

A liminar conquistada por Stocco e Aliel fez com que a o valor da tarifa voltasse para R$ 3,20 desde a última sexta-feira (19). Geraldo lembrou que a lição sobre transparência na prestação do serviço público deve permanecer. “A população deve compreender que a transparência é fundamental na atuação das empresas que prestam um serviço público, seja ele qual for”, comenta Stocco.

Informações da Assessoria de Imprensa 

PUBLICIDADE

Recomendados