PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Stocco visita unidades de saúde e cobra melhorias

Ponta Grossa

28 de julho de 2017 19:01

Da Redação


Relacionadas

Homem é detido após agredir mulher em bairro de PG

Homem é flagrado com 'pote de crack' em praça de PG

Homem fica ferido ao reagir a assalto em comércio de PG

Secretário comemora retorno de ‘elevador’ em Vila Velha
Temporal derruba árvore em carro e bloqueia ruas
DAF apresenta novo modelo de caminhão em PG
Vila Velha traz atividades de turismo durante férias escolares
Foto: Imagem: Divulgação
PUBLICIDADE

O vereador Geraldo Stocco (REDE) visitou nas últimas semanas seis postos de saúde em Ponta Grossa. A preocupação do parlamentar é fiscalizar os serviços prestados à população e também as condições oferecidas aos funcionários públicos que atuam nas unidades visitadas. Após encontrar vários problemas, o vereador apresentou sugestões e indicações ao Poder Executivo.

Stocco visitou unidades de saúde no Maria Otília, em Oficinas, no Santa Maria e nas Vilas Estrela e Hilgemberg. “Notei uma série de problemas, principalmente a ausência de médicos nas unidades que eram atendidas por profissionais cubanos do programa Mais Médicos”, explicou o vereador.

O parlamentar ressaltou que a função constitucional do vereador é, além de legislar, também fiscalizar o Poder Executivo. “Além da falta de médicos, encontrei unidades de saúde sem remédios básicos e cobrei a Prefeitura para que renove os estoques e normalize a situação”, contou o vereador.

Geraldo enviou uma série de moções de apelo e indicações à Prefeitura cobrando modificações e melhorias. “Além da falta de médicos, também notamos a falta de cirurgiões dentistas em algumas unidades e isso compromete o acompanhamento da saúde bucal da população mais carente”, alertou o vereador.

Projeto ‘Criança sem carie’

O parlamentar é autor de um projeto de lei que institui o programa ‘Criança sem carie’. Idealizado a partir do trabalho do pai do vereador, o cirurgião dentista Geraldo Stocco (in memoriam), o projeto prevê um acompanhamento mais detalhado da saúde bucal das crianças e o agendamento de consultas com o dentista baseado na carteirinha de vacinação dos pacientes.

PUBLICIDADE

Recomendados