PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Ciclistas desabafam sobre a falta de segurança em PG

Ponta Grossa

09 de outubro de 2017 21:34

Da Redação


Relacionadas

PG registra 84 novos casos de covid-19 e mais três mortes

Homem é ferido com golpe de faca em bairro de PG

Veículo pega fogo após colisão no centro de Ponta Grossa

Incêndio ambiental preocupa moradores em Uvaranas
Caminhão dispara e atinge imóvel na Chapada
PG imuniza grupo prioritário contra a H1N1 nesta semana
Mulher é encontrada morta na casa em PG
Foto: Foto: Arquivo JM
PUBLICIDADE

Acidente envolvendo ônibus gerou inúmeros desabafos sobre a falta de segurança e de respeito com os ciclistas no trânsito.

Desde o início da noite de domingo (8), dezenas de praticantes do ciclismo em Ponta Grossa usaram as redes sociais para criticar a falta de respeito e de segurança com quem usa a bicicleta no trânsito da cidade. A revolta foi gerada depois de dois acidentes registrados neste fim de semana: a morte de um ciclista que treinava em uma rodovia na região de Curitiba e o acidente envolvendo um ônibus da Viação Campos Gerais (VCG), responsável pelo transporte público em Ponta Grossa.

O acidente aconteceu na noite de domingo (8) na rua Jacob Holzmann. O ônibus da linha Terminal Oficinas bateu na traseira de uma bicicleta e, por sorte, ninguém ficou ferido e houve apenas danos materiais. No entanto, várias testemunhas passaram a criticar a atitude do motorista do coletivo – quem presenciou a cena disse que o condutor alegou que o ciclista não deveria estar no meio da rua e que esta teria sido a causa do acidente.

Centenas de comentários criticando o funcionário e a malha viária da cidade, que em nenhum momento favorece o ciclista, tomaram as redes sociais desde então. Praticantes do esporte organizaram manifestações e pediram esclarecimentos à empresa, além de acionarem autoridades como a vice-prefeita Elizabeth Schmidt, entusiasta do Cicloturismo, cobrando providências na infraestrutura urbana para incentivar a prática do ciclismo.

Por meio da assessoria de imprensa, a VCG informou que está buscando informações a respeito do acidente, e que o fato demanda mais investigação. A empresa se comprometeu a ouvir testemunhas e envolvidos no incidente para, somente depois, emitir um posicionamento oficial sobre o caso.

A assessoria de imprensa da Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte (AMTT) esclareceu que já existem projetos em andamento para instalação de ciclofaixas em duas vias da cidade: na Avenida Dom Geraldo Pelanda e na rua Rodrigo Otávio.

Orientação

A AMTT orienta que os ciclistas utilizem os equipamentos de segurança exigidos como buzina, espelho e sinalização refletiva, além do capacete e que estejam atentos ao fluxo da via, redobrando a atenção ao passarem por cruzamentos. Quanto aos motoristas, além da atenção e cuidados necessários no dia a dia, a autarquia afirma que eles também devem respeitar a distância de segurança mínima de 1,5 metros dos ciclistas, dando-lhes a preferência e se mantendo atento às mudanças na via.

PUBLICIDADE

Recomendados