“Perdi a cabeça”, diz suspeito de matar a esposa em PG

Ponta Grossa

19 de outubro de 2017 10:43

Gabriel Sartini

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Caminhão carregado de farelo é encontrado em PG

Ladrões arrombam empresa e levam dois carros

Motorista é preso após bater carro em motos estacionadas

Casa abandonada é destruída por incêndio
Batida entre motos deixa rapaz com lesões graves
UniSecal abre inscrições para curso para Exame da OAB
Rapaz acha tornozeleira eletrônica no meio da rua
PUBLICIDADE

Alexandre Mendes da Costa, de 40 anos, confessou ter matado a esposa durante discussão por causa de traição

“Peguei o celular dela e vi um monte de papo com um outro carinha lá”, argumenta Alexandre Mendes da Costa, de 40 anos, preso na madrugada desta quinta-feira (19) suspeito de assassinar a esposa Joane Renata de Oliveira, de 32 anos. O crime aconteceu na casa da família, na rua Santa Mônica, na Vila Borsato. A mulher morreu na garagem de casa.

De acordo com Costa, ele e a esposa começaram a discutir depois que ele descobriu uma traição. “Fui conversar com ela, ela veio me agrediu, aí eu consegui tomar a faca dela, daí deu no que deu”, resume o suspeito. O enteado dele, filho da mulher, de 13 anos, também ficou ferido quando tentou defender a mãe das agressões. Ele foi encaminhado ao Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais e não corre risco de morrer.

Além do enteado, os quatro filhos do casal, que têm entre um e seis anos de idade, também estavam na residência e presenciaram a discussão dos pais. Eles foram levados pelo Conselho Tutelar e devem ficar com familiares enquanto o inquérito do caso está em andamento.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede