“Perdi a cabeça”, diz suspeito de matar a esposa em PG

Ponta Grossa

19 de outubro de 2017 10:43

Gabriel Sartini


Relacionadas

PG registra novos casos de Covid e total ultrapassa 400

Prefeitura prorroga data para pagar taxas de funcionamento

Rapaz com mandado de prisão em aberto é preso em Uvaranas

Homens são presos com pistola, munição e dinheiro em PG
Jovens promovem algazarra com muito álcool na Boa Vista
Homem é esfaqueado após ter casa assaltada em PG
Mercado da Família registra aumento de atendimentos
PUBLICIDADE

Alexandre Mendes da Costa, de 40 anos, confessou ter matado a esposa durante discussão por causa de traição

“Peguei o celular dela e vi um monte de papo com um outro carinha lá”, argumenta Alexandre Mendes da Costa, de 40 anos, preso na madrugada desta quinta-feira (19) suspeito de assassinar a esposa Joane Renata de Oliveira, de 32 anos. O crime aconteceu na casa da família, na rua Santa Mônica, na Vila Borsato. A mulher morreu na garagem de casa.

De acordo com Costa, ele e a esposa começaram a discutir depois que ele descobriu uma traição. “Fui conversar com ela, ela veio me agrediu, aí eu consegui tomar a faca dela, daí deu no que deu”, resume o suspeito. O enteado dele, filho da mulher, de 13 anos, também ficou ferido quando tentou defender a mãe das agressões. Ele foi encaminhado ao Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais e não corre risco de morrer.

Além do enteado, os quatro filhos do casal, que têm entre um e seis anos de idade, também estavam na residência e presenciaram a discussão dos pais. Eles foram levados pelo Conselho Tutelar e devem ficar com familiares enquanto o inquérito do caso está em andamento.

PUBLICIDADE

Recomendados