Família de mulher morta pelo marido pede Justiça

Ponta Grossa

24 de outubro de 2017 10:56

Gabriel Sartini


Relacionadas

Prefeitura irá analisar ‘lei seca’ em PG nesta terça

Em PG, 12 mil ainda não entregaram a declaração do IR

Aulas do Município e Estado podem voltar em agosto

PG confirma 12 novos casos de Coronavírus
Morte de professor da UEPG gera comoção
TCE pede informações sobre número de leitos em PG
Fiscalização da Prefeitura aplica R$ 7,5 mil em multas
Alexandre Mendes da Costa confessou ter esfaqueado a esposa durante uma briga Foto: Arquivo aRede/Programa COP
PUBLICIDADE

Pai de Joanne Renata procurou ajuda de advogados para atuar na acusação contra Alexandre Mendes da Costa, que confessou o assassinato da esposa

A família de Joanne Renata de Oliveira busca o auxílio da Justiça para cobrar punição ao assassino confesso da mulher. Aos 32 anos de idade, ela foi morta a facadas dentro de casa na madrugada de 19 de outubro e o então marido dela, Alexandre Mendes da Costa, confessou a autoria do crime, que teria acontecido durante uma discussão. Agora, os familiares querem que a justiça seja feita e ele seja punido.

Por isso, o pai da vítima já contatou o advogado criminalista Angelo Pilatti Junior para atender aos interesses da família e atuar como assistente do Ministério Público na ação penal que será proposta pela Vara Criminal de Ponta Grossa. Costa permanece preso enquanto aguarda o andamento do processo. Ele pode responder por homicídio qualificado por motivo torpe (ciúmes) e também por feminicídio, por ter cometido o crime contra sua companheira. Ele também deve responder por tentativa de homicídio qualificado, já que também feriu o enteado da mulher, de 12 anos, que tentou defender a mãe.

Pilatti informou que o inquérito policial deve tramitar pelo 4º Distrito Policial (DP) e ainda está em fase de perícia, diligências e depoimentos de testemunhas.

Matérias relacionadas:

Marido mata a esposa e esfaqueia enteado em PG

“Perdi a cabeça”, diz suspeito de matar a esposa em PG

Menino esfaqueado pelo padrasto recebe alta

PUBLICIDADE

Recomendados