PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Stocco propõe ampliação do Castramóvel em PG

Ponta Grossa

29 de março de 2018 18:01

Da Redação


Relacionadas

Lumen oferece opções em cestas para Dia das Mães em PG

‘Feirão do Emprego’ ofertará mais de mil vagas em PG

Vacinação contra gripe entra na segunda fase em PG

Taquarense realiza promoção no mês das mães em PG
Curso de Direito da UEPG é recomendados pela OAB
Ação judicial solicita água, luz e esgoto no Parque Andorinhas
Linha de ônibus para UTPFR sofre alterações
Foto: Imagem: Kauter Prado / CMPG
PUBLICIDADE

O vereador Geraldo Stocco (REDE) usou a tribuna da Câmara Municipal de Ponta Grossa (CMPG) durante a sessão desta quarta-feira (28) para pedir a ampliação do programa Castramóvel, iniciativa instalada na cidade em 2015. Stocco defendeu a ampliação do número de funcionários e da estrutura utilizada no projeto e ressaltou diálogo com o Poder Executivo para viabilizar a ampliação da medida.

Na tribuna, Stocco lembrou que a atuação do Castramóvel representa uma questão de “saúde pública”. “A reprodução descontrolada de animais de rua é prejudicial à cidade e também aos próprios animais. Em contato com as ONGs do setor, pude notar a importância de se viabilizar a ampliação do programa de castração gratuita desses cães e gatos que vivem nas ruas do município”, contou o parlamentar.

Stocco ainda elogiou a atuação do veterinário responsável pelo projeto. “Ele [veterinário] tem feito um trabalho muito importante, mas é preciso que o banco de horas dele seja ampliado, assim como a própria estrutura do Castramóvel com mais profissionais e equipamentos. É preciso levar ao município essa necessidade de se aumentar a estrutura do projeto para aumentar o atendimento”, conta o vereador.

Em contato com representantes de ONGs do setor de proteção aos animais, Stocco buscou informações sobre a atuação do Castramóvel e a importância do projeto para controlar a população de animais de rua. "Essa é uma política pública eficaz, uma das várias que devemos implementar e discutir. O primeiro passo é controlar a reprodução e o segundo é conseguir dar um lar e um acompanhamento para os animais que estão nas ruas", contou Stocco.

Nos próximos dias, o vereador deverá se reunir com integrantes do Poder Executivo para viabilizar a ampliação do programa.

As informações são da assessoria. 

PUBLICIDADE

Recomendados