PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

MEC eleva status da Secal para Centro Universitário

Ponta Grossa

23 de outubro de 2018 10:35

Da Redação


Relacionadas

UEPG divulga resultado do Vestibular de Primavera

Cescage inscreve para o vestibular online

Vereadores de PG voltam a criticar PL que extingue AMTT

Unidade da Codapar em Ponta Grossa volta a ser leiloada
Exército diz que escolha de Recife pela ESA foi técnica
Alunos de PG vencem concurso estadual
Gerente da Unimed PG ganha prêmio nacional de RH
PUBLICIDADE

A cidade de Ponta Grossa agora conta com o Centro Universitário Santa Amélia, ou simplesmente UniSecal. Trata-se da expansão da Faculdade Secal, que agora, com autorização do Ministério da Educação (MEC), pode expandir o ensino de qualidade com mais cursos de graduação e pós-graduação em Ponta Grossa e em todos os municípios vizinhos.

A UniSecal é o único e primeiro Centro Universitário genuinamente pontagrossense e vem em um momento importante da instituição, exatamente quando ela completa 20 anos. Sobre a expansão de Faculdade para Centro Universitário, a Diretora Geral da UniSecal, Isaura de Andrade Aguiar comenta sobre a importância da conquista para Ponta Grossa e região dos Campos Gerais. “Hoje temos mais possibilidades de estar contribuindo com esse crescimento do entorno. Com a capacitação de pessoas, podemos proporcionar melhores empregos, uma prestação de serviço com mais qualidade e tudo isso influencia no crescimento da indústria e do varejo. Nós acreditamos que a mudança vem por meio da educação e agora podemos contribuir para uma área muito maior”, explica Isaura.

Pelas salas de aula da Secal já passaram milhares de profissionais que hoje atendem a cidade e a região. Outros estão em vários cantos do país, colocando em prática o que aprenderam com os professores dos cursos. Atualmente, são mais de 1,6 mil alunos, instruídos por docentes que, em sua maioria (61,3%), são mestres e doutores, gerando 200 empregos diretos e aproximadamente 600 indiretos. Desde 2012, a Secal apresenta um crescimento médio de 21% ao ano.

Com o crescimento da Secal, que agora é UniSecal, Ponta Grossa também ganha com dinheiro circulando na economia local e ampliação do número de empregos diretos e indiretos. Para o ano que vem estão previstos mais 26 cursos novos, presenciais e na Educação a Distância (EaD). São eles: Engenharia da Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Civil, Engenharia da Produção, Engenharia de Alimentos, Arquitetura, Tecnologia em Design de Interiores, Nutrição, Gastronomia, Biomedicina, Fonoaudiologia, Estética e Cosmética, Publicidade, Economia, Ciências Sociais – Antropologia Sociologia, Ciências Políticas, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Jogos Digitais, Gestão Tecnologia da Informação, Design Gráfico, Administração (EaD), Ciências Contábeis (EaD), Pedagogia (EaD), Letras (EaD), Tecnologia em Serviços Jurídicos (EaD) e Processos Gerenciais (EaD).

Além disso, estão previstos dez polos na EaD em dez municípios vizinhos. A Diretora Acadêmica da instituição, Rúbia de Andrade Aguiar relata o sentimento dessa nova conquista. “Era um sonho nosso realizar essa transformação. Todas as nossas batalhas e energias têm sido para isso e, após recebermos a notificação do MEC, ficamos de certa forma anestesiadas. É um sentimento de grande felicidade e essa conquista é de toda Ponta Grossa também”, enfatiza a diretora.

A instituição pontagrossense, que há 20 anos foi fundada por Weider Barreto Aguiar e Eunice Andrade Aguiar, está expandindo de Faculdade para Centro Universitário. Hoje dirigida por Isaura, Rúbia e Katya de Andrade Aguiar, a UniSecal aumentará ainda mais a sua qualidade de ensino e proporcionará para mais pessoas a missão institucional, que é a de transformar pessoas. Sobre esse objetivo, a Diretora de Desenvolvimento de Pessoas da UniSecal, Katya ressalta que, “quem tem essa missão não vê cargo ou função. Todo mundo faz parte dessa conquista. Agora, nossa responsabilidade aumenta e as pessoas podem ter certeza que nos prepararemos cada vez mais para estar transformando a vida delas para melhor”, finaliza a diretora.

 

PUBLICIDADE

Recomendados