Especialistas da região debatem valorização de resíduos

Ponta Grossa

25 de janeiro de 2019 17:47

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Rottas assina contratos e vende novos imóveis em PG 

PG realiza hoje mutirão contra Influenza

PM atende ocorrências de roubo em PG

Temperaturas despencam neste fim de semana em PG
Policiais prendem jovem por tráfico de drogas em Uvaranas
PM orienta motoristas durante “Operação Vida no Trânsito”
PG recebe Dia D do Feirão do Imposto neste sábado
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Em primeira reunião do ano, Grupo de Profissionais do Meio Ambiente dos Campos Gerais discute valorização de resíduos

Nesta quinta-feira (24), o Grupo de Profissionais do Meio Ambiente dos Campos Gerais se reuniu para o primeiro encontro de 2019. O objetivo foi iniciar o ano com um tema que merece atenção de todos: a valorização de resíduos. A reunião aconteceu na sede da Zero Resíduos, empresa do Grupo Philus.

O crescimento acelerado da geração de resíduos é um perigo para a humanidade. Se atitudes sustentáveis não forem tomadas, a quantidade de resíduos pode crescer 70% até 2050, segundo o último relatório do Banco Mundial. Seriam 3,4 bilhões de toneladas de lixo por ano.

Desde a regulamentação da Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS) – Lei Federal 12.305/10 - empresas públicas e privadas têm dado mais atenção ao tema e buscado alternativas de destinação final de resíduos, já que a gestão desses materiais é um dos caminhos necessários e urgentes para a sustentabilidade.

Como alternativas, diversos sistemas de gestão e novas soluções para valorização, tratamento e reaproveitamento dos resíduos vêm sendo apresentados. “A quantidade de materiais que jogamos fora todos os dias é uma das grandes problemáticas mundiais. Não podemos apenas encarar tudo como rejeito, acreditamos e investimos na busca por soluções sustentáveis para os resíduos. No futuro, o rejeito de aterros sanitários – aqueles que obedecem as normas da PNRS - poderá ser usado como combustível”, explicou Vicente Nadal Neto, engenheiro da Zero Resíduos que ministrou palestra sobre o tema.

“Começar o ano de 2019 com a apresentação de novas tecnologias na área de resíduos sólidos condiz com o objetivo do grupo, que é unir os profissionais de meio ambiente para discutir as problemáticas relacionadas”, afirmou a coordenadora do GPMACG, Amanda Siqueira Stemmler, da empresa Agrocete. Também estiveram presentes no encontro profissionais das empresas Hubner, Allnex, Belgotex, Frísia, Pluris Ambiental, K2 Agro, Senai e Ecoltec, Expresso Princesa dos Campos e Zero Resíduos.

Formado por representantes de diversas empresas da região dos Campos Gerais, os profissionais atuam nas áreas de gestão de meio ambiente e trocam experiências e informações. O Grupo, que completa três anos em março, se reúne mensalmente. Empresas interessadas em participar podem entrar em contato com a coordenação (Amanda Stemmler amanda@agrocete.com.br ou Isabella Marchesini no isabella.marchesini@allnex.com).

Informações Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede