Rede de hotel francês irá investir R$ 16 mi em PG

Ponta Grossa

26 de fevereiro de 2019 18:57

Fernando Rogala

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

PSOL, PCdoB e PT poderão formar frente de esquerda em PG

Homem é esfaqueado ao lado do Terminal de PG

Sicredi participa da Feira Paraná 2019

PG se une para ajudar jovem que sofreu AVC
Vestibular da UniSecal traz 18 cursos presenciais
Acidente entre dois carros deixa um ferido no Órfãs
5ª Igreja Batista Fonte da Vida celebra aniversário
PUBLICIDADE

Grupo 'B&B Hotels' irá construir um empreendimento com 120 quartos no Centro de Ponta Grossa. Obras devem iniciar neste ano e a previsão de inauguração é para o final de 2020 ou início de 2021


Ponta Grossa receberá um novo investimento no ramo hoteleiro de bandeira internacional. Fundada na França, a B&B Hotels possui mais de 490 unidades na Europa e agora desembarca no maior município da região dos Campos Gerais do Paraná, para instalar a sua sexta unidade no Brasil. A rede, que atua no segmento econômico, chegou ao país em 2016, onde tem duas unidades já em operação, uma em São José dos Campos (SP) e outra em Uberlândia (MG). Em Ponta Grossa, o investimento será de cerca de R$ 16 milhões, para um projeto que será construído no Centro da cidade, que ofertará 120 quartos.

O aporte previsto da B&B Hotels para Ponta Grossa faz parte de um projeto de expansão de R$ 150 milhões do grupo no país, que contempla unidades também em São Paulo, Rio de Janeiro, Presidente Prudente e Florianópolis. Aqueles com obras mais avançadas são os três primeiros, previstos para serem inaugurados em 2020. O de Ponta Grossa deverá entrar em operação entre o final de 2020 e o início de 2021, enquanto que o segundo no Sul do Brasil, em Santa Catarina, está previsto para 2022.

Foram os diferenciais da cidade que atraíram o interesse da rede instalar uma das primeiras unidades do país. “Ponta Grossa é um importante polo regional e o maior parque industrial do estado do Paraná. Seu crescimento econômico consistente foi essencial para despertar o nosso interesse”, destacou Michael Schnürle, diretor de desenvolvimento da rede hoteleira.

Conforme ele também antecipou, o potencial de desenvolvimento de hotéis econômicos, especialidade da B&B Hotels, não está somente nas grandes capitais, mas também em cidades secundárias. “Faz todo sentido para B&B investir também em cidades interioranas, já que o nosso foco principal é oferecer hospedagem de qualidade a um bom preço em regiões economicamente importantes – tanto para quem viaja a trabalho como a lazer”, completa Schnürle.

Para cumprir o cronograma, a meta do grupo é iniciar as obras ainda neste ano em Ponta Grossa, que serão desenvolvidas com um parceiro local. Mais detalhes sobre o aporte na cidade não foram revelados para a divulgação “devido a trâmites contratuais”, informou a empresa.

 

Conceito “econochic” importado da Europa

A B&B Hotels traz ao Brasil os mesmos padrões e conceitos estabelecidos na rede internacional, com o objetivo de oferecer um preço justo, garantindo hospedagem para viajantes a trabalho e a lazer que estejam em passagem pela cidade e que dão prioridade ao bom custo-benefício. De origem francesa, a rede foi criada em 1990 e tem como conceito a estrutura “econochic”, que foca em oferecer modernidade e serviços efetivos. São hospedagens econômicas com design e qualidade, que oferecem, com qualidade, aquilo que é essencial aos hóspedes: camas confortáveis, conforto acústico e térmico, Wi-Fi rápido e um bom café da manhã. No seu site, a empresa informa que há opções de hospedagem no Brasil por R$ 89.

 

Terceiro hotel de bandeira internacional da cidade

Com a confirmação da rede B&B, Ponta Grossa passará a contar com três hotéis de bandeira internacional. A primeira foi a Accor, com a bandeira ‘Ibis’ (Centro), e depois houve o anuncio do grupo Wyndham, com o ‘Ramada Encore’ (Oficinas). O Ibis tem a previsão de ser concluído em 2020, enquanto que o Ramada em 2021 - ou seja, os três deverão começar a operar com a diferença de apenas alguns meses. 

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede