Reunião esclarece atraso na entrega de contas da Sanepar

Ponta Grossa

12 de março de 2019 19:37

Da Redação


Relacionadas

Empório Peixe Boi e Nova Vida inovam no mercado de carnes

UTFPR desenvolve respirador a partir de motor de para-brisas

Zampieri vai comandar CPI que investigará o 'EstaR Digital'

Prefeitura identifica 267 estagiários na fraude do auxílio
UEPG lança curso sobre prevenção ao suicídio
PG confirma mais três casos de coronavírus
Rangel destaca importância de aRede Shopping ao comércio
PUBLICIDADE

Após problemas em terceirizada, Sanepar firmou contrato com Correios para entrega de faturas, que devem chegar às casas em até 10 dias. Multas e juros serão cancelados.

O presidente da Câmara de Ponta Grossa, Daniel Milla (PV), se reuniu nesta terça-feira (12) com os diretores regionais da Sanepar para esclarecer o atraso na entrega das contas de água e esgoto referentes ao mês de fevereiro. A companhia registrou problemas com uma empresa terceirizada que realizava a entrega das guias, e precisou assinar um contrato emergencial com os Correios para garantir a entrega.

A situação foi esclarecida pela diretora da regional Sudoeste da Sanepar, Jeanne Schmidt. “Houve um problema no contrato de entrega, na renovação com a terceirizada. Para ter uma solução em curto prazo, foi realizado um contrato de emergência com os Correios. As contas serão entregues a partir de quarta-feira (13), com prazo máximo de 10 dias”, explicou.

Caso a população apresente problemas com o vencimento da conta, Jeanne orienta que busque uma unidade da companhia para suspender os juros e multas. Além disso, qualquer corte de água em função deste atraso foi suspenso.

Milla afirmou que recebeu muitas dúvidas – principalmente pelas redes sociais – da população sobre os problemas na conta de água e esgoto. “Os diretores deixaram claro que a população não terá nenhum tipo de prejuízo. É importante buscar estas informações para tranquilizar os moradores em relação aos pagamentos”, diz. Além de Jeanne, a reunião também contou com o diretor de Obras da regional, Joel Pires.

PUBLICIDADE

Recomendados