Suspeito de matar Lidiane dá detalhes da noite do crime

Ponta Grossa

14 de março de 2019 13:05

Da Redação


Relacionadas

Confira o período de isenção da taxa do vestibular da UEPG

John Elvis confirma saída da Agência do Trabalhador

UEPG e parceiras abrem questionário para empresários

Vereador de PG quer câmeras nas ambulâncias do Samu
Professora de Turismo da UEPG integra guia internacional
TV Guará terá mudança de horário no domingo
Ação conjunta combate golpistas que agiam em PG
PUBLICIDADE

Jhonatan Campos afirma que fui humilhado por Lidiane com várias ofensas na noite do crime

Suspeito do assassinato de Lidiane Oliveira, Jhonatan Campos, já está preso. O rapaz se apresentou na manhã de hoje (14) na 13ª Subdivisão Policial, acompanhado de sua advogada. De acordo com as informações recebidas até o momento, Jhonatan ficará na 13ªSDP até amanhã, quando participará de uma audiência de custódia, e na sequência encaminhado a Cadeia Pública de Ponta Grossa Hildebrando de Souza.

Jhonatan passou por interrogatório nesta manhã. Segundo ele, o assassinato foi motivado por ciúmes devido ao fato de que Lidiane seria, supostamente, uma garota de programa. Em entrevista coletiva, o rapaz disse ter sido humilhado por Lidiane com várias ofensas, na noite do crime.

A advogada de Jhonatan, Cleonice Silva, afirma que seu cliente tem como provar que Lidiane se prostituía. Além disso, ela informou ainda que Jhonatan só não se apresentou antes, pois a manhã de hoje era o único horário disponível na agenda da responsável pela defesa

O advogado criminalista Ângelo Pilatti Junior atuará como assistente de acusação.

PUBLICIDADE

Recomendados