Preso pela morte de Lidiane dá detalhes da noite do crime

Ponta Grossa

14 de março de 2019 14:09

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Prefeitura de PG inicia preparativos para o Natal

Mercados e shoppings estarão fechados na Páscoa

PG registra dois novos casos de agressão contra a mulher

Motociclista fica ferido após colisão com carro em Oficinas
Rapaz é ferido com golpe de facão na testa em Uvaranas
Guarda municipal é atropelado e fica em estado grave
Estação Arte oferece oficina de pintura para terceira idade
PUBLICIDADE

Jhonatan Campos afirma que fui humilhado por Lidiane com várias ofensas na noite do crime

Suspeito do assassinato de Lidiane Oliveira, Jhonatan Campos, já está preso. O rapaz se apresentou na manhã de hoje (14) na 13ª Subdivisão Policial, acompanhado de sua advogada. De acordo com as informações recebidas até o momento, Jhonatan ficará na 13ªSDP até amanhã, quando participará de uma audiência de custódia, e na sequência encaminhado a Cadeia Pública de Ponta Grossa Hildebrando de Souza.

Jhonatan passou por interrogatório nesta manhã. Segundo ele, o assassinato foi motivado por ciúmes devido ao fato de que Lidiane seria, supostamente, uma garota de programa. Em entrevista coletiva, o rapaz disse ter sido humilhado por Lidiane com várias ofensas, na noite do crime.

A advogada de Jhonatan, Cleonice Silva, afirma que seu cliente tem como provar que Lidiane se prostituía. Além disso, ela informou ainda que Jhonatan só não se apresentou antes, pois a manhã de hoje era o único horário disponível na agenda da responsável pela defesa.

O advogado criminalista Ângelo Pilatti Junior atuará como assistente de acusação.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede