Ezequiel e Guiarone discutem data-base do funcionalismo

Ponta Grossa

17 de junho de 2019 19:03

Rodrigo de Souza

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Negociação beneficia empresas de Ponta Grossa

UEPG promove oficinas com encontro de gerações

Unopar amplia possibilidade de ingresso ao Ensino Superior

Feira Verde recebe 1.500 T de reciclável no primeiro semestre
“UEPG impacta R$ 0,5 bi na economia local”, diz reitor
ACIPG visa expandir pontos de consulta de SPC/Serasa
Justiça autoriza PG a cobrar taxa de lixo sobre garagens
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Vereadores participaram de reunião sobre o tema em Curitiba com servidores do núcleo de segurança, incluindo policiais. Funcionalismo pede resposta do Estado sobre reajuste.

Os vereadores Pastor Ezequiel Bueno (PRB) e Sargento Guiarone (PROS) participaram durante a segunda-feira (17) de um encontro ao lado de servidores públicos do núcleo de Segurança do Estado para discutir sobre a reposição salarial do funcionalismo. O evento em Curitiba contou com a presença de líderes das forças de segurança, incluindo policiais militares.

Assim como os demais servidores, o grupo pede que o governador Ratinho Junior (PSD) tome alguma decisão em relação à data-base, acumulada há quatro anos. “Fomos informados de que se o governador não apresentar uma proposta em relação ao tema, o funcionalismo deve realizar algumas paralisações. Então queremos agora conversar com o governo para encontrar uma solução”, disse Pastor Ezequiel.

O funcionalismo pede a posição de mais de 17%, acumulados desde o governo de Beto Richa (PSDB). No entanto, entidades sindicais ligadas aos servidores afirmam que, caso o governador apresente uma proposta de reajuste referente aos últimos 12 meses de inflação (4,94%), uma greve não deve ser deflagrada.

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede