Ezequiel e Guiarone discutem data-base do funcionalismo

Ponta Grossa

17 de junho de 2019 19:03

Rodrigo de Souza


Relacionadas

Comerciantes reivindicam direitos na Câmara Municipal

Mais de 300 mil pessoas devem passar pelo Salão de Turismo

Ratinho destaca PG como ‘pulmão do desenvolvimento do Paraná’

Sanepar projeta investimento de R$ 240 milhões para PG
Simpósio Brasileiro de Direito terá palestrante internacional
Apresentadora da Rede Massa participará do Teleton
Prestes Construtora reúne potenciais investidores
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Vereadores participaram de reunião sobre o tema em Curitiba com servidores do núcleo de segurança, incluindo policiais. Funcionalismo pede resposta do Estado sobre reajuste.

Os vereadores Pastor Ezequiel Bueno (PRB) e Sargento Guiarone (PROS) participaram durante a segunda-feira (17) de um encontro ao lado de servidores públicos do núcleo de Segurança do Estado para discutir sobre a reposição salarial do funcionalismo. O evento em Curitiba contou com a presença de líderes das forças de segurança, incluindo policiais militares.

Assim como os demais servidores, o grupo pede que o governador Ratinho Junior (PSD) tome alguma decisão em relação à data-base, acumulada há quatro anos. “Fomos informados de que se o governador não apresentar uma proposta em relação ao tema, o funcionalismo deve realizar algumas paralisações. Então queremos agora conversar com o governo para encontrar uma solução”, disse Pastor Ezequiel.

O funcionalismo pede a posição de mais de 17%, acumulados desde o governo de Beto Richa (PSDB). No entanto, entidades sindicais ligadas aos servidores afirmam que, caso o governador apresente uma proposta de reajuste referente aos últimos 12 meses de inflação (4,94%), uma greve não deve ser deflagrada.

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede