Megaoperação desmonta quadrilha de tráfico de drogas

Ponta Grossa

18 de junho de 2019 07:15

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Após tempora, bombeiros de PG atuam em cidades da região

Família procura idosa desaparecida em PG

Garoto se esconde embaixo de van para escapar da GM

Campanha de Natal da Acipg sorteará um Onix 0 km
Fogo destrói Kombi e assusta motoristas
Sanepar de PG implanta 100 km de redes de água
Confira os destaques da quarta-feira do Portal aRede
PUBLICIDADE

Mais de 60 policiais civis cumprem 32 mandados de prisão e de busca e apreensão em Ponta Grossa e também no Oeste do Paraná

A Polícia Civil deflagrou uma megaoperação na manhã desta terça-feira (18) para desarticular uma quadrilha envolvida com o tráfico de drogas em Ponta Grossa e na região dos Campos Gerais. Organizada pelo delegado-chefe da 13ª Subdivisão Policial (SDP), Nagib Nassif Palma, a operação envolveu mais de 60 agentes que atuaram no cumprimento de 32 mandados de prisão e de busca e apreensão em várias regiões da cidade e também no Oeste do Estado.

De acordo com o delegado, a investigação já dura mais de três meses e chegou ao final nesta terça. Foi preso o grupo que trazia drogas do oeste paranaense para a região. Ainda não foram divulgados os números finais da operação, mas houve prisões e apreensões de crack, maconha, balanças de precisão e vários outros objetos relacionados ao comércio de drogas.

Além dos investigadores, a operação também contou com o apoio do helicóptero e do Canil da Polícia Civil. Segundo Palma, foram cumpridos 11 mandados de prisão, 16 de busca e apreensão e outros cinco de apreensões de veículos. Alguns dos alvos da polícia seriam ligados a uma organização criminosa do estado de São Paulo.

Durante as investigações, aproximadamente 38 quilos de drogas foram apreendidos. O delegado explica que “o grupo utilizava adolescentes e mulheres para trazer a droga da fronteira com o Paraguai e estima-se que centenas de quilos de entorpecentes tenham sido introduzidos pelo grupo no mercado local”.

Segundo o delegado-chefe da 13ª SDP, “a Polícia Civil de Ponta Grossa tem concentrado seus esforços no combate ao médio e pequeno tráfico que atinge a região, e com isso combatemos outros crimes como homicídios, furtos e roubos, receptação, porte de arma, ameaça e receptação”.

Após o término da ação, a Polícia Civil deve divulgar os números finais das prisões e apreensões.

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede