IML identifica pai que morreu ao defender filho

Ponta Grossa

07 de julho de 2019 17:05

Da Redação


Relacionadas

Prestes Construtora reúne potenciais investidores

Grupo Muffato prepara 250 novos colaboradores, em PG

Rainha da MünchenFest tem inscrições abertas

Variedade de raças bovinas ganha destaque na Feira Paraná
Eco Parques do Brasil deve gerenciar Vila Velha
‘Vitrine da Carne’ abre nesta quarta-feira na Feira Paraná
Caminhão sem freio bloqueia rodovia em PG
Carlos Blageski foi baleado no tórax e na perna após defender seu filho que foi ameaçado por um homem armado Foto: Reprodução/Facebook
PUBLICIDADE

Carlos Blageski foi baleado no tórax e na perna após defender seu filho que foi ameaçado por um homem armado


Carlos Blageski foi baleado após seu filho ser ameaçado por um homem armado na noite deste sábado (6), no bairro Ronda, em Ponta Grossa. O pai reagiu e ao tentar pegar a arma de fogo de quem ameaçou foi alvejado por cinco disparos, dos quais dois foram certeiros, um no tórax e outro na perna. Carlos tinha 46 anos, e o autor dos disparos ainda não foi encontrado.

Informações reveladas pela Polícia Militar apontam que o crime aconteceu por volta das 21h40, na rua Carlos Blageski. Dois homens teriam invadido a residência da vítima, buscando pelo seu filho. Como ele não estava na casa, os dois homens estavam deixando o local quando o pai resolveu reagir para tomar a arma de fogo que estava em posse dos dois invasores. Foi quando ocorreu uma luta corporal e houve os disparos.

O Siate até foi acionado, mas Carlos Blageski não resistiu aos ferimentos e faleceu no local do crime.

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede