Mercadão começa a ser construído na segunda-feira

Ponta Grossa

23 de agosto de 2019 19:13

Fernando Rogala

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Criança fica em estado grave após acidente com trem

Automóvel colide com ônibus na Ronda

Automóvel colide com trem na Vila Borato

Corrida de rolimã movimenta a Visconde de Taunay
Criança é atropelada por trem no Nova Rússia
Carro dispara em posto e frentista evita acidente
Desfile cívico comemora aniversário do Núcleo Rio Verde
PUBLICIDADE

Maquinário chega ao terreno até este sábado, para que os trabalhos sejam iniciados na segunda-feira

Está marcado para segunda-feira, dia 26 de agosto, o início das obras da construção do novo Mercado Municipal de Ponta Grossa. A informação foi confirmada ao Portal aRede e ao Jornal da Manhã pelo engenheiro Ricardo Siqueira, proprietário da Tekla Engenharia, empresa responsável pela concessão do espaço por 35 anos. Segundo ele informou, até este sábado (24) os maquinários que serão utilizados para as obras estarão no terreno, localizado entre as ruas Comendador Miró e Julia Wanderley, na altura do cruzamento com a rua Benjamin Constant.

As obras terão que ser começadas basicamente do zero pelo fato de que a estrutura que estava no local, do antigo Mercado Municipal, estava bastante fragilizada. A ideia era utilizar a já existente, mas com o avançar do projeto, os técnicos da Tekla observaram que não seria possível mantê-la para a nova estrutura projetada. Por esse motivo, foi derrubada.

Ricardo Siqueira passou, ao Portal aRede um vídeo da época das obras. Ele explica que a filmagem foi feita quando a empresa iria fazer a demolição de apenas uma parte, que estava prevista para a reforma, mas que apenas a vibração da máquina fez um grande estrago, derrubando uma parte relativamente grande da estrutura. “Não existia estrutura nenhuma de ancoragem e ferragem, e o concreto era uma farinha podre”, explicou o engenheiro e empresário.

Mais detalhes sobre a retomada das obras e o projeto, bem como a previsão do cronograma das obras, serão revelados na próxima semana. Contudo, espera-se uma obra bastante rápida, afinal, como explicou Ricardo Siqueira há alguns meses, a estrutura anexa que será construída junta com o mercadão, com o boulevard e o novo complexo, será metálica. Além do Mercado, ao lado será construído um edifício garagem.

Em agosto do ano passado, houve o anúncio de um novo projeto arquitetônico, realizado pelo escritório curitibano de arquitetura Doria Lopes Fiuza, bastante reconhecido no Estado, responsável por diversas obras, inclusive em Ponta Grossa. 

 

Empreendimento terá três lojas âncoras

No novo projeto, o setor de hortifrúti estará no pavimento da rua Comendador Miró, um espaço mais nobre, que contará 82 espaços aos hortifruticultores. Nos outros pavimentos, o Mercado Municipal de Ponta Grossa passará a ter 74 lojas, três megalojas âncoras, 17 quiosques, salas de cinema, 14 restaurantes, mais de 300 vagas de estacionamento e um bicicletário. A Prefeitura de Ponta Grossa receberá um espaço no terceiro pavimento. 

Todo o investimento ficará a cargo da Tekla: a Prefeitura Municipal não está fazendo nenhum tipo de aplicação financeira no espaço.

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede