Morte de professor de PG comove alunos e amigos

Ponta Grossa

07 de setembro de 2019 14:56

Da Redação


Relacionadas

Alunos do Senac realizam a primeira edição do ‘Barber Day’

Homem liga à PM após matar esposa com barra de ferro

Mulher de 38 anos é encontrada morta em casa

Rapaz de 20 anos morre atropelado por trem em PG
Polícia prende homem com arma e drogas em casa
Briga de amigos acaba em tentativa de homicídio em PG
Pedestre morre atropelado na Souza Naves
Sidão, como era conhecido, inspirou centenas de alunos durante sua carreira na docência Foto: Reprodução/Facebook
PUBLICIDADE

Sidney Ramos tinha 42 anos e estava internado após sofrer uma parada cardíaca; sepultamento acontece neste domingo

Amigos, colegas de profissão, estudantes e ex-alunos de Sidney Francisco de Ramos começaram o sábado (7) com a triste notícia da morte do professor de 42 anos. Ele estava internado na Santa Casa de Misericórdia há alguns dias depois de sofrer uma parada cardíaca e teve a morte cerebral confirmada nesta manhã.

O professor Sidão, como era conhecido pelos alunos, trabalhava no Colégio Estadual Nossa Senhora da Glória, deixa a esposa e dois filhos, além de centenas de alunos e ex-alunos um pouco mais carentes de sua alegria, competência e inteligência. Para quem quiser dar o último adeus ao Sidão, o velório acontece na capela municipal São José e o sepultamento está marcado para 13h de domingo (8) no cemitério Santa Luzia.

Após a confirmação da morte do professor, o perfil oficial do colégio onde ele trabalhava postou uma emocionante mensagem de despedida.

“Hoje, uma das pessoas que mais verdadeiramente e intensamente amou nossa escola e nossos alunos partiu... Estamos profundamente tristes, mas certos de que Eles está com o Criador! Agradecemos imensamente cada oração e pedimos que essa linda corrente continue para pedir a Deus que dê o conforto a seus familiares. Sidão tenha certeza de que fez um lindo trabalho nessa vida e de que será sempre um grande exemplo e herói na vida de muitos dos seus alunos! Sentiremos sua falta todos os dias...”, constava no perfil oficial do Colégio Estadual Nossa Senhora da Glória.

Além disso, centenas de postagens lamentaram a precoce partida do professor divertido e dedicado aos alunos, que também nutria a paixão pelo Fusca como um hobby que trouxe para seu círculo pessoal ainda mais amigos e admiradores.

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede