Prefeitura renegocia R$ 5 mi do IPTU em três semanas

Ponta Grossa

11 de setembro de 2019 15:52

Fernando Rogala


Relacionadas

Planicon traz alternativa para manter atendimentos médicos

Procon pede cautela sobre acordos de adiamento de dívidas

BRDE libera R$ 850 mi para investimentos no Paraná

Em PG, presos do ‘grupo de risco’ cumprirão pena em casa
SindServ quer adicional para servidores que atuam contra Covid-19
Cuidados com a saúde ganham reforço nas obras
PG pode contratar pessoas físicas para atendimento na Saúde
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Nesta quarta-feira (11), a prefeitura divulgou a lista dos devedores em Diário Oficial. Quem está com o nome na lista tem 15 dias para regularizar a situação

A Prefeitura de Ponta Grossa divulgou, nesta quarta-feira (11), a lista de quem está inadimplente com o IPTU na cidade. No total, cerca de 9 mil nomes foram listados no Diário Oficial do Município desta quarta-feira, em uma edição complementar, publicada às 14h16. A lista foi publicada pela Procuradoria Geral do Município e, conforme descrito no Diário Oficial, trata-se de um “edital de notificação para quitação amigável de débitos municipais”. A listagem está disponível neste link. Ao mesmo tempo, a Prefeitura fez uma grande renegociação de dívidas nas últimas três semanas, por parte de quem estava com débitos e procurou o município para regularização, cujos valores superam R$ 5 milhões.

Na relação, estão listados os contribuintes que estão com algum tipo de pendência entre os anos de 2015 e 2018. A partir de agora, o contribuinte notificado terá o prazo de 15 dias para realizar a quitação da dívida. Caso isso não aconteça, a procuradoria dará andamento ao processo de cobrança, com ação de execução fiscal ou protesto.

A princípio, seriam 10 mil nomes divulgados pela Prefeitura. Porém, houve uma grande procura nas últimas três semanas pela regularização. Entre os que seriam notificados, mil renegociaram as dívidas, e agora o valor atualizado cobrado pelo município é de R$ 6 milhões. Segundo a Prefeitura, no período de 21 de agosto a 6 de setembro, foram negociados R$ 5,3 milhões, com emissão de 23 mil guias. A procura foi grande não apenas pelos que estavam entre os potenciais nomes listados, mas também pelos que registravam atrasos neste ano e outros que já estavam até mesmo ajuizados.

 

Contribuintes com nomes divulgados por engano devem procurar a prefeitura

A prefeitura também informa que, como a notificação trata-se do início do processo de cobrança, caso alguma informação dessa notificação esteja errada, constando nomes ou valores por engano, basta o contribuinte comparecer à Praça de Atendimento da Prefeitura para esclarecimento e atualização do cadastro.

 

PUBLICIDADE

Recomendados