Seminovos movimentam as vendas do mercado automotivo

Ponta Grossa

18 de setembro de 2019 13:39

Andre Bida


Relacionadas

UBS de PG promove aulas online com dicas de saúde

Feira Delivery: projeto apoiado pela Prefeitura está suspenso

Policiais promovidos são homenageados em PG

Transporte escolar solicita aprovação de projeto na Câmara
Prefeito estuda uso de ‘face shield’ nas escolas municipais de PG
Garoto fica ferido após ser atropelado no Jardim Gianna
Em PG, 66% dos casos de covid-19 estão recuperados
PUBLICIDADE

Segundo dados da Fenauto, mais de 9 milhões de veículos foram vendidos no Brasil

Aguardando uma recuperação da economia brasileira, o mercado de carros seminovos se mantém com bons números. Segundo dados da Fenauto, Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores, no acumulado de 2019 foram vendidos aproximadamente 9.491.190 veículos em todo o país.

As informações da Fenauto apontam que os modelos com 4 a 8 anos de uso teve 3,77 milhões de unidades vendidas este ano, seguida pelos modelos de 9 a 12 anos de uso com 1,94 milhão de unidades e os modelos com até 3 anos de uso que atingiu 1,53 milhão de unidades.

A expectativa da Federação é que após a recuperação econômica, prevista para o final de 2019 e início de 2020, a procura e comercialização de veículos seminovos supere os números deste ano.

 

O que saber na hora de comprar um seminovo

Entre os principais benefícios que levam a escolha de um automóvel seminovo estão os adicionais como rodas esportivas, bancos em couro e central multimídia sem que essas vantagens sejam cobradas por fora, como acontece em veículos 0km.

A pesquisa é muito importante no momento da compra, as concessionárias e revendas multimarcas são os locais onde o cliente pode encontrar veículos com maior procedência e garantia, além de que uma pesquisa prévia é possível conhecer mais sobre o histórico da empresa.

Em paralelo está o mercado informal, sites e grupos de troca e venda de veículos onde o preço praticado é abaixo do mercado, porém a garantia e confiabilidade no automóvel é duvidosa.

PUBLICIDADE

Recomendados