Projeto 'Linda de Lenço' ganha repercussão nacional

Ponta Grossa

14 de outubro de 2019 10:40

Da Redação


Relacionadas

Adolescente é esfaqueado e fica em estado grave em PG

Homem é preso por tráfico no bairro Órfãs

Eduardo Farias destaca cenário político no 'Doc.com na aRede'

Homem é detido após tentar furtar Nutella em hipermercado
Condutor perde controle de veículo e colide com poste
Mara Braun traz noticias do agro no 'Campos Gerais Rural'
Condutor de veículo fica ferido após colisão na Ronda
PUBLICIDADE

História que inspirou o projeto ganhou as redes sociais e despertou a grande demanda pela confecção dos lenços

O Projeto Linda de Lenço, criado pela Unimed Ponta Grossa e lançado no último dia 09 de outubro está repercutindo nacionalmente.

 Após a divulgação do vídeo, que conta a história que inspirou o projeto, a procura pelos lenços tomou grandes proporções, despertando interesse em pacientes, artesãos, costureiras e comunidade em diversos locais do país.

 De acordo com Lucimara Maeda, médica radiologista idealizadora do projeto, a ação acabou se tornando um movimento devido à visibilidade do assunto e também ao grande poder de alcance das redes sociais.

 "Mais do que simplesmente em outubro usar o rosa como forma de conscientização sobre a prevenção do câncer de mama, conseguimos, através da empatia, criar um movimento multiplicador, e inspirar várias pessoas a querer aprender a fazer o lenço para doar, presentear, ou simplesmente usar, e ficar linda de lenço”.

 A ideia de fazer algo que impactasse de forma útil e positiva a vida das pacientes e que se tornou um projeto e então uma ação, agora começa a ganhar forma de movimento. Segundo a médica, essa mobilização foi proporcionada pela individualidade de cada um, aliada à sensibilidade do assunto. “O vídeo de lançamento do projeto conseguiu despertar a empatia em todos, mas de várias maneiras diferentes, de acordo com a história pessoal de cada um. Pacientes se identificaram pela dificuldade de usar um lenço; familiares e amigos se identificaram com a vontade de ajudar alguma pessoa querida que está em tratamento quimioterápico, e todas as pessoas conseguiram refletir um pouquinho ao se permitir se colocar no lugar do outro: ‘se eu estivesse com câncer, eu estaria assim’".

 Até o momento, foram registrados contato de interessados em Curitiba, Maringá, Rio de Janeiro, São Paulo, Piauí, Brasília, Roraima, Pernambuco, Santa Catarina, Tocantins e Minas Gerais. Outros contatos também foram recebidos também do exterior, como Portugal, Espanha, Canadá e EUA.

 O objetivo do projeto não contempla a comercialização dos lenços. De acordo com Lucimara “o Linda de Lenço doa os lenços e ensina a fazer”.

 E devido à alta repercussão, a Unimed preparou um material especial sobre a confecção dos lenços, com o tipo de tecido, os materiais necessários, as medidas e o passo a passo de como costurá-lo. Dessa forma, os interessados no projeto poderão multiplicar as doações nas cidades e comunidades onde vivem e atuam.

 O vídeo com o passo a passo, e o da história que inspirou o projeto, estão disponível na página oficial da Unimed Ponta Grossa no Facebook e também no canal do Youtube.

 

 Sobre o Linda de Lenço

 Como forma de apoio ao outubro rosa e às pacientes que passam por tratamento de câncer, os colaboradores da Unimed Ponta Grossa, Hospital Geral Unimed (HGU) e Laboratórios Unimed usarão lenços na cabeça todas as quartas-feiras.

 Os 500 lenços confeccionados e utilizados para a ação de lançamento do projeto serão recolhidos no fim de outubro, higienizados e encaminhados para doação. Junto com os lenços, os colaboradores poderão também escrever uma mensagem de apoio às pacientes que irão recebê-los.

 A ideia do projeto surgiu de uma experiência pessoal da radiologista com uma amiga próxima e que foi diagnosticada com câncer de mama. Ao ver a dificuldade da amiga em expor careca durante o tratamento quimioterápico, ao mesmo tempo que não se adaptava ao uso dos lenços habituais, costurou um lenço que fosse fácil de usar, confortável e, esteticamente, bonito. Ao experimenta-lo, se deparou com o seguinte sentimento: "Se eu estivesse com câncer, eu estaria assim".

As dúvidas sobre o projeto podem ser esclarecidas pelo whatsapp (42) 99987-0331


Conheço o projeto Linda de Lenço da Unimed Ponta Grossa

Com informações Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados