Ex confessa crime e diz que agiu em "momento de fúria"

Ponta Grossa

05 de novembro de 2019 18:06

Afonso Verner


Relacionadas

Veja a agenda dos prefeituráveis para essa quinta (22)

Viaduto na Vila Margarida deve custar mais de R$ 13 milhões

Elizabeth quer simplificar abertura de empresas em PG

Certificação por competência pode ser solução para sistema educacional
Covid: 84,7% das vítimas em PG possuíam comorbidades
Mabel tem projeto para reduzir filas de espera com especialistas
PSOL vai para às ruas de PG com segurança sanitária
Foto: Imagem: Divulgação
PUBLICIDADE

João Carlos dos Santos se apresentou na Delegacia acompanhado do advogado de defesa. Ele admitiu crime contra a ex-esposa

João Carlos dos Santos*, 30 anos de idade, se apresentou na Delegacia da Mulher nesta terça-feira (5) em Ponta Grossa. João admitiu ter agredido a ex-esposa, Franciele Gonçalves, 22 anos, no último domingo (3) - após as agressões, a jovem sofreu um AVC e está internada na UTI em estado grave. João disse à delegada, Claudia Kruger, que agiu em “momento de fúria”.

De acordo com a delegada responsável pelas investigações, João se apresentou na Delegacia acompanhado do advogado de defesa. “Ele alegou que a agressão aconteceu porque ele [João] teve um momento de fúria ao saber que Franciele estava em um novo relacionamento”, contou a delegada. 

Ainda de acordo com Claudia, o rapaz confirmou a presença de combustível na cena do crime (supostamente no corpo da vítima), mas disse que isso teria acontecido de forma acidental. “Como ele não está em situação de flagrante, ele [João] acabou sendo ouvido e liberado”, disse a delegada. Claudia destacou que as medidas cabíveis serão adotadas no decorrer das investigações. 

Jovem segue internada no HU-UEPG

Franciele Gonçalves está internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Universitário dos Campos Gerais (HU-UEPG). De acordo com amigos de Franciele, ela sofreu AVC pós-traumático causado por chutes na cabeça. De acordo com a assessoria do HU-UEPG, Franciele está entubada e o estado de saúde da jovem é considerado grave.

Crime causa comoção nas redes sociais

Após o crime, amigos e familiares de Franciele tem usado as redes sociais para prestar homenagens a jovem. “Prima, vai dar tudo certo! Vamos orar muito por você para que possa sair dessa! Esse covarde que fez isso com você vai pagar, vai demorar mas Deus é mais”, escreveu uma das internautas.

* A única foto divulgada pela Polícia Civil mostra o agressor de costas.

PUBLICIDADE

Recomendados