George é conduzido pela PM após confusão no PSM

Ponta Grossa

07 de novembro de 2019 15:34

Afonso Verner


Relacionadas

Prefeitura de PG nega subsídio de R$ 2,5 mi à VCG

Grupo Teatral de PG realiza apresentação em festival online

Vinícius Camargo comemora resultados de PG no combate à Covid-19

Em PG, adesão ao armamento é apoiada por 76%
Leitos de UTI para a Covid-19 estão 50% ocupados em PG
PG tem quatro novos casos da Covid-19 e chega a 66
APAE promove 'Costela de Chão Solidária' em junho
Foto: Imagem: Divulgação
PUBLICIDADE

Vereador diz que foi detido ao realizar trabalho de fiscalização no local

O vereador George de Oliveira (PMN) foi conduzido pela Polícia Militar (PM) após realizar uma “visita” no Pronto Socorro Municipal (PSM) no começo da tarde desta quinta-feira (7). Em uma transmissão nas redes sociais (clique aqui para assistir), George diz que foi “fiscalizar” o “caos” no PSM e diz ter sido detido. Ele acabou levado para assinar um termo circunstanciado.

O vídeo transmitido nas redes sociais é interrompido quando Oliveira conversava com pessoas na frente do Hospital. A PM teria sido acionada pelo próprio Oliveira depois que uma funcionária do Hospital teria tentado impedir o vereador de entrar no local. Após a chegada da PM, George acabou conduzido.

“Cheguei no PSM e fui recebido com portada na cara. Chamei a Polícia e eu mesmo sou detido. Mas é bom que isso tenha acontecido. O PSM está um verdadeiro caos, as pessoas estão sofrendo. Se minha prisão servir para a saúde melhorar, está tudo bem”, disse Oliveira à reportagem do portal aRede. 

PUBLICIDADE

Recomendados