Rapaz é morto a tiros dentro de condomínio em PG

Ponta Grossa

11 de novembro de 2019 07:34

Da Redação


Relacionadas

PG ganha destaque mundial por ações de proteção animal

Audiências virtuais garantem acolhimento na pandemia

PG tem 26 novos casos de covid-19, aponta boletim

Prefeitura confirma terceira morte por covid-19 em PG
Feira de Hortaliças acontece às terças e sextas em PG
Obras deixam 21 vilas de PG sem água no domingo
PG ainda tem disponíveis 3 mil vacinas contra a gripe
Jovem foi atingido por vários tiros e polícia ainda procura autores do crime Foto: aRede/COP
PUBLICIDADE

Crime aconteceu no fim da tarde de domingo em condomínio na Avenida Antônio Saad; ninguém foi preso

Investigadores do Setor de Homicídios da 13ª Subdivisão Policial (SDP) trabalham desde as 17h deste domingo (10) para esclarecer o assassinato do jovem Diego Militão Ramo, de 20 anos. Ele foi morto a tiros dentro de um condomínio localizado na Avenida Antônio Saad, no Jardim Carvalho, em Ponta Grossa.

A Polícia Militar foi acionada por volta de 17h com a informação de que havia um rapaz baleado no local. Ele já estava sem sinais vitais quando os socorristas chegaram ao local e não foram revelados mais detalhes sobre as circunstâncias do crime. O local do crime foi isolado para que a Polícia Científica fizesse a perícia e o corpo do rapaz foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Ponta Grossa.

Até a publicação desta matéria, nenhum suspeito de envolvimento no assassinato tinha sido preso e as autoridades trabalham com as possibilidades de homicídio ou latrocínio.

Conforme o Serviço Funerário Municipal, o jovem trabalhava como corretor de imóveis e seu corpo é velado na Capela Municipal São José. O sepultamento está marcado para as 16h30 desta segunda-feira (11) no cemitério São Vicente de Paula.

PUBLICIDADE

Recomendados