GM invade casa e liberta reféns em núcleo de PG

Ponta Grossa

05 de dezembro de 2019 16:39

Da Redação


Relacionadas

Incêndio destrói residência de madeira e ameaça outras casas

Campanha online deve crescer em PG na eleição de 2020

Alunos de pós da UEPG têm desconto especial no ADM

Zampieri cobra aplicação de lei de transparência na Saúde
Makita produzirá novas ferramentas na fábrica de PG
Condomínio será lançado em inédito formato Drive-Thru
Empresa de PG doa plataforma de vendas para instituição
O autor do crime foi desarmado pela GM, detido e encaminhado à delegacia para prestar depoimentos. Foto: Imagens de whats
PUBLICIDADE

O autor do crime foi desarmado, detido e levado ao hospital. Depois foi encaminhado à delegacia

A Guarda Municipal concluiu de forma exitosa uma operação de alta complexidade realizada na tarde dessa quarta-feira (4), no Conjunto Gralha Azul, na região do Centro de Eventos de Ponta Grossa. Os agentes invadiram uma residência e libertaram a família que era feita refém. O autor do crime foi desarmado, detido e encaminhado para atendimento médico. Depois foi levado à delegacia.

A ocorrência, segundo fontes ouvidas pelo portal aRede, aconteceu no meio da tarde. Tudo começou com o acionamento do Samu para prestar atendimento a um homem que estaria machucado. Houve confusão e pedido de intervenção da Guarda Municipal.

‘O cidadão estava em surto psicótico no Gralha Azul. A equipe do Samu foi chamada ao local, acionou a Guarda Municipal e foram três equipes (Romu, viaturas de apoio e as motos). O homem entrou na casa e teoricamente fez de reféns a mulher e os dois filhos e disse que só se entregava à PM. Na sequência, a Guarda Municipal entrou na casa com a autorização da proprietária, os agentes imobilizaram o cidadão e o levaram ao PSM e depois ao São Camilo. Mais tarde a equipe foi à delegacia, entregou o boletim. O boletim vai abrir inquérito’, descreveu Edson Witek, comandante da Guarda Municipal.

Ninguém ficou ferido.

Nota da Redação

Ao contrário do que foi informado anteriormente, a PM não participou dessa ocorrência, segundo nota enviada à Redação do portal aRede nesta quinta-feira (5), pela assessoria de imprensa. A ocorrência foi atendida pela Guarda Municipal, apenas.

PUBLICIDADE

Recomendados