Sepultamento de professora acontece nesta tarde

Crime brutal chocou e comoveu os ponta-grossenses nesta quarta-feira e velório é marcado por grande comoção de alunos de Luciana Aparecida de Ávila Centenas de pessoas já passaram pelo velório do corpo da professora Luciane Aparecida de Ávila, morta a facadas pelo ex-marido nesta quarta-feira (4) na frente da escola onde trabalhava. A comoção entre amigos, alunos e ex-alunos e até mesmo pessoas que pouco a conheciam é bastante grande, principalmente pela brutalidade do crime. Luciane chegava para trabalhar por volta de 13h quando foi atacada por Marcelo Ávila, seu ex-esposo. A vítima foi atingida por várias facadas e morreu ainda no local, dentro da ambulância. O crime foi cometido na frente de um dos filhos do casal, de 8 anos. Outro homem que passava pelo local e tentou ajudar a vítima também foi ferido, mas está fora de risco. Segundo informações divulgadas pela polícia, o principal suspeito do crime foi preso pela PM por volta das 16h na PR-151, limite com a cidade de Carambeí. Marcelo teria fugido do local do assassinato em uma moto Honda CG 150 preta, que foi encontrada por policiais às margens da rodovia. Os policiais receberam informações que o suspeito estaria fugindo da cidade e se deslocaram com várias viaturas para um cerco na região – ele foi encontrado andando ao lado da rodovia. Crime brutal chocou e comoveu os ponta-grossenses nesta quarta-feira e velório é marcado por grande comoção de alunos de Luciana Aparecida de Ávila

Velório acontece na Capela São José e sepultamento está marcado para o Cemitério Parque Campos Gerais
Velório acontece na Capela São José e sepultamento está marcado para o Cemitério Parque Campos Gerais -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Crime brutal chocou e comoveu os ponta-grossenses nesta quarta-feira e velório é marcado por grande comoção de alunos de Luciana Aparecida de Ávila

Centenas de pessoas já passaram pelo velório do corpo da professora Luciane Aparecida de Ávila, morta a facadas pelo ex-marido nesta quarta-feira (4) na frente da escola onde trabalhava. A comoção entre amigos, alunos e ex-alunos e até mesmo pessoas que pouco a conheciam é bastante grande, principalmente pela brutalidade do crime. O velório acontece na Capela Municipal São José e o sepultamento está marcado para as 15h desta quinta-feira (5) no cemitério Parque Campos Gerais.

Luciane chegava para trabalhar por volta de 13h quando foi atacada por Marcelo Ávila, seu ex-esposo. A vítima foi atingida por várias facadas e morreu ainda no local, dentro da ambulância. O crime foi cometido na frente de um dos filhos do casal, de 8 anos. Outro homem que passava pelo local e tentou ajudar a vítima também foi ferido, mas está fora de risco.

Segundo informações divulgadas pela polícia, o principal suspeito do crime foi preso pela PM por volta das 16h na PR-151, limite com a cidade de Carambeí. Marcelo teria fugido do local do assassinato em uma moto Honda CG 150 preta, que foi encontrada por policiais às margens da rodovia. Os policiais receberam informações que o suspeito estaria fugindo da cidade e se deslocaram com várias viaturas para um cerco na região – ele foi encontrado andando ao lado da rodovia.

Conteúdo de marca

Quero divulgar right