Educação conecta professores em nova rede de projetos

Ponta Grossa

09 de dezembro de 2019 17:00

Da Redação


Relacionadas

“Governo infestado de fascistas”, diz Aliel sobre Roberto Alvim

In Cursus treinamentos aplica ferramentas para gestores

Elite Rede de Ensino conquista primeiro lugar na UEPG

Eurica Taques assume comando da AMTT interinamente
Prefeitura de PG terá sistema de fiscalização de veículos
Ladrões roubam papagaio e deixam idoso desolado
Senac PR está com matriculas abertas para Cursos Técnicos
PUBLICIDADE

Professores da região de Ponta Grossa integram rede que conecta profissionais realizadores de boas práticas na Educação. Dez projetos foram premiados neste fim de semana. 

Os professores participantes do 1º Seminário Conectando Boas Práticas conheceram, neste fim de semana, os dez profissionais da Educação autores dos principais projetos inscritos na Rede Conectando Saberes. A rede, que envolve professores de todo o Brasil, vai incluir os trabalhos em um e-book a ser compartilhado com escolas de todo o país, estimulando a replicação e criação de projetos inovadores no ambiente escolar. A realização conta com o apoio da Fundação Lemann. 

Organizado pela Secretaria Municipal de Educação, o Seminário trouxe ao município professores de diversas cidades. A professora Michele Rutte Ramos da Silva, do CMEI Marjorie Bittencourt Emílio Mendes, em Ponta Grossa, teve seu trabalho sobre meio ambiente reconhecido em primeiro lugar entre os 80 participantes. Emocionada com o reconhecimento, ela conta que o principal é o efeito sobre a aprendizagem dos alunos. “Este momento, em que todos podem conhecer o nosso projeto, que já dura dois anos, nos deixa muito gratificadas e com mais entusiasmo para formar novas crianças e ampliar o aprendizado”, diz ela, que obteve grande participação da comunidade e dos alunos. 

Segundo a secretária Municipal de Educação, Esméria Saveli, a grande quantidade de projetos e a qualidade de cada um ressalta o protagonismo dos professores. “Esse é um objetivo muito importante que está sendo alcançado com o trabalho da rede. Os profissionais da Educação sendo protagonistas de seu conhecimento, oferecendo oportunidades para que os alunos realizem atividades diferenciadas e impactantes, tendo eles também papel ativo no processo de aprendizagem”, comenta Esméria. 

Mara Mansani, vencedora do prêmio Educador Nota 10, oferecido pela Fundação Victor Civita, em 2014, palestrou aos professores. Ela considerou os projetos apresentados como “impactantes e inspiradores”. “Imagina esse Brasil todo fazendo o que Ponta Grossa faz?”, questionou. Conforme Mara, o compartilhamento de ideias em rede é um dos momentos mais importantes da educação. “Você ver professores falando com sabedoria, com propriedade de seu trabalho, com uma base teórica e uma prática tão bem feitas, com o objetivo cumprido que é a aprendizagem das crianças, isso realmente impacta a todos”, considera.

 

Ideia para projeto vencedor partiu das crianças

O projeto realizado no CMEI Marjorie Bittencourt inclui uma horta na unidade, a qual fornece verduras e hortaliças que estão presentes nos pratos dos alunos. A compostagem e cuidados com a horta são realizados pela professora e pelos alunos diariamente após o almoço. Dois pequenos grupos de 5 alunos são escalados todos os dias para atividade. Um dos grupos mistura a comida com serragem, que é componente do misto e, por fim, o colocam no reator. Enquanto isso a outra equipe rega e cuida da horta, que fica ao lado do equipamento. 

“Os alunos observaram que estávamos jogando comida no lixo. Nós precisamos perceber esses detalhes contidos nas perguntas das crianças. Quando eles perceberam isso, aliado à necessidade de preservar o meio ambiente, conseguimos unir as coisas e realizar o projeto”, conta a professora Michelly, que comemora o resultado. “Isso significa muito. O que trabalhamos aqui, termos a oportunidade de passar para outros municípios e outras escolas. Precisamos divulgar essas ideias, não deixarmos apenas em sala de aula”, afirma a educadora.

 

1º lugar:

Michelly Rutte Ramos da Silva

CMEI Professora Marjorie Bittencourt Emílio Mendes

Projeto: Produção de alimentos orgânicos utilizando fertilizante obtido de compostagem em reator. http://www.pontagrossa.pr.gov.br/node/43933

 

2º lugar:

Andreza Lima Gonçalves e Gisele Mugnaine

Escola Municipal Professora Ruth Holzmann Ribas

A história e a arte de Ponta Grossa por meio dos pontos turísticos.

 

3º lugar:

Kéli Daiane Muller

Escola Municipal Professora Maria Antônia de Andrade

Cada gota conta: de mãos dadas por um futuro sustentável.

 

4º lugar

Fabiane Fabri

Escola Municipal Ana de Barros Holzmann

Vacina-ação.

 

5º lugar:

Kelly Vieira Rocha

EM Maria Vitória Braga Ramos

Brasil e suas danças populares.

 

6º lugar:

Edicléia Aparecida Alves dos Santos

EM Prefeito Eng. Eurico Batista Rosas

Conselho Escolar Mirim: uma possibilidade de democratização da gestão na escola pública.

 

7º lugar:

Patrícia Lorena Rodrigues Vicari

EM Senador Flávio Carvalho Guimarães

Água: Juntos pelo aproveitamento e reutilização da água.

 

8º lugar:

Conceição Aparecida Postanovicz Palhano

EM Professora Maria Antônia de Andrade

Sextou: Dia de boa ação.

 

9º lugar:

Professora Sandra Aparecida Lopes

EM Prefeito Ernesto Guimarães Vilela

Formação continuada no ambiente escolar.

 

10º lugar:

Gerson Ferreira da Silva (Assaí/PR)

Centro Estadual de Educação Profissional Maria Lydia Cescato Bomtempo

Criando com Sucata.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização